Secretário de Saúde de Minas confirma que se vacinou contra covid-19

Ele confirmou ainda a imunização de 500 servidores administrativos

Publicado em 11/03/2021 - 17:43 Por Gésio Passos - Brasília

O secretário de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, de 51 anos, confirmou nessa quarta-feira (10), em audiência na Assembleia Legislativa do Estado, que foi vacinado junto com outros 500 servidores administrativos da Secretaria de Saúde contra a covid-19.

Carlos Eduardo afirmou que se vacinou para não parecer que era contra a vacina.

O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Agostinho Patrus, cobrou que o governo de Minas informasse ao parlamento a lista de servidores que foram vacinados.

O secretário de saúde afirmou que irá repassar o pedido ao departamento jurídico da pasta devido ao sigilo funcional.

Agostinho Patrus afirmou que o parlamento mineiro vai investigar o caso.

O Ministério Público afirmou, nessa terça-feira (9), que vai apurar a suspeita de fura-fila da vacinação e deu cinco dias para o governo do estado repassar informações sobre o caso.

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais afirmou, ainda, que os servidores vacinados estão, desde o início da pandemia, atuando no enfrentamento direto à covid-19.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Setembro é mês de campanha de conscientização sobre dermatite atópica

A doença genética não tem cura, mas tem tratamento. Pode afetar até 25% das crianças e 7% dos adultos. Seus efeitos são visíveis na pele: vermelhidão, bolhas ou até feridas. E é justamente por ter cara, que a dermatite atópica desperta medo e preconceito

Baixar arquivo
Saúde

Rio aplicou 1.206 doses de lote recolhido pela Anvisa da CoronaVac

Outras 211 mil doses pertencentes a esse lote foram reservadas pela Secretaria Municipal de Saúde. A pasta aguardava a liberação da Agência para o uso desses frascos; mas, ao invés disso, o órgão federal determinou o recolhimento deles nesta quinta-feira (23).

Baixar arquivo
Política

Diretor da Precisa nega na CPI encontro com deputado Roberto Barros

Em depoimento na CPI da Pandemia nesta quinta-feira (23), o diretor institucional da Precisa Medicamentos, Danilo Trento, afirmou que não participou das negociações para a compra da vacina indiana Covaxin. Os senadores aprovaram também a convocação de Luciano Hang, dono das lojas Havan para depor na comissão na próxima semana.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Incêndio na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, chega ao 12º dia

Mais de 23 mil hectares de vegetação já foram consumidos pelo fogo, o que equivale a 23 mil campos de futebol. Cerca de 200 pessoas, entre agentes do Corpo de Bombeiros de Goiás, do Ibama e do ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, e voluntários combatem as chamas.

Baixar arquivo
Segurança

PF identifica acusado de exploração sexual de menores por aplicativo

O usuário de um aplicativo canadense de mensagens foi identificado, na cidade de Carutapera, no Maranhão. Segundo a polícia, a investigação começou depois que a empresa que administra o aplicativo de mensagens detectou a troca de arquivos contendo as imagens de exploração sexual de adolescentes.

Baixar arquivo
Educação

MEC quer criar novos institutos federais de educação profissional

A declaração foi pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, na abertura da Semana Nacional da Educação Profissional e Tecnológica. Na cerimônia, o ministério da Educação anunciou 14 medidas para fortalecer a Educação Profissional e Tecnológica no país. Os projetos anunciados estão alinhados ao programa Novos Caminhos.

Baixar arquivo