Câmara aprova urgência para proposta que privatiza os Correios

Publicado em 20/04/2021 - 20:59 Por Kariane Costa - Rádio Nacional - Brasília

A Câmara dos Deputados aprovou nessa terça, 20, a tramitação de urgência para a proposta que privatiza os Correios. Na prática, o pedido de urgência acelera a tramitação do projeto de lei que privatiza a empresa, que agora pode ser votado diretamente pelo plenário. Nesse caso, ficam dispensadas as audiências públicas e os debates nas Comissões.

A oposição até tentou obstruir, ou seja, impedir a votação, mas não conseguiu maioria. Para o líder do PDT na Câmara, deputado Wolney Queiroz, a urgência atropela o debate sobre a privatização na casa. O parlamentar acrescentou que o momento não é oportuno já que estamos em plena pandemia 

O presidente da Câmara, Arthur Lira, que presidiu a sessão que aprovou a urgência para a privatização dos Correios, anunciou o deputado Gil Cutrim, do Republicanos, como relator do projeto e  rebateu as críticas dos colegas  afirmando que colocou a urgência em pauta atendendo pedido da maioria do Colégio de Líderes.

O governo federal publicou, na última quarta-feira, o decreto que incluiu os Correios no Programa Nacional de Desestatização. No fim de fevereiro, o governo já havia enviado à Câmara um projeto de lei com o mesmo objetivo.

Edição: Kariane Silva / L Pedrosa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Corpo do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, é enterrado em Santos

Foi enterrado nesse domingo o corpo do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que morreu, aos 41 anos, depois de lutar contra um câncer no sistema digestivo.

Baixar arquivo
Saúde

Toda população de Botucatu é vacinada para pesquisa da AstraZeneca

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou, nesse domingo, que a pasta estuda uma ampla campanha de testagem da população brasileira para o novo coronavírus.

Baixar arquivo
Geral

MP do Rio de Janeiro vai a justiça contra aumento da passagem do metrô

O Ministério Público do Rio de Janeiro foi à justiça para tentar diminuir a nova tarifa do sistema de metrô. Na última semana, o bilhete passou a custar R$5,80, um aumento de 16% com relação aos 5 reais cobrados anteriormente.

Baixar arquivo
Geral

São Paulo: Corpo de Bruno Covas será enterrado neste domingo em Santos

Será enterrado neste domingo o corpo do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que morreu, aos 41 anos, depois de lutar contra um câncer no sistema digestivo. Na sexta-feira, a saúde dele piorou e a equipe médica informou que o quadro era irreversível.

Baixar arquivo
Cultura

Atriz Eva Vilma morreu neste sábado aos 87 anos

Morreu na noite deste sábado, aos 87 anos, a atriz Eva Wilma. Ela estava tratando problemas cardíacos e renais. E neste mês a atriz também foi diagnosticada com um câncer de ovário, e de acordo com o Hospital Albert Einstein, a doença acabou levando a uma insuficiência respiratória.

Baixar arquivo
Geral

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, morre aos 41 anos

Bruno Covas descobriu o câncer em outubro de 2019. O quadro exigiu várias sessões de quimioterapia em um tratamento que seguiu até o começo de 2020. Em abril deste ano, exames constataram que a doença havia se espalhado para o fígado e os ossos.

Baixar arquivo