Lava Jato no Rio de Janeiro já recuperou mais de R$ 4 bilhões

O total arrecadado foi de R$ 4,1 bilhões

Publicado em 09/04/2021 - 11:46 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro recuperou mais de R$ 4 bilhões até o último dia 31 de março. O dinheiro é referente a ressarcimentos e pagamento de multas compensatórias de 180 acordos de colaboração e 9 de leniência.

Em balanço divulgado nesta sexta-feira, o Ministério Público do estado informou que em 4 anos e 9 meses de atividades, foram realizadas 56 operações e apresentadas 105 denúncias contra 894 investigados. Deste total, 183 já foram condenados em 37 sentenças proferidas pela 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro. O total arrecadado foi de R$ 4,1 bilhões.

A força-tarefa foi criada em junho de 2016, depois que o Supremo Tribunal Federal determinou a remessa para o Rio de Janeiro de denúncia apresentada pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba que apontou irregularidades em contratos para a construção da Usina Nuclear Angra 3.

De lá pra cá foram muitas investigações. Entre elas a que revelou a organização criminosa que desviou recursos de praticamente todas as obras públicas realizadas durante o governo Sérgio Cabral.             

As operações ganharam os nomes de Calicute, Eficiência, Unfair Play, Fatura Exposta, Favorito, Cadeia Velha e Furna da Onça, todas identificando esquemas de corrupção entre o poder público e empresários, com desvios de recursos públicos e o pagamento de propinas em contratos superfaturados para obras, compra de equipamentos e serviços.

Além do ex-governador Sérgio Cabral, outros gestores e empresários foram presos. Parte dos processos e procedimentos investigatórios da força-tarefa serão agora conduzidos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público.

Edição: Ana Lúcia Caldas/Edgard Matsuki

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Fim de ano pode gerar 94 mil vagas de empregos temporários, diz CNC

O cálculo é da CNC, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Economista alerta que a previsão depende do controle da pandemia.

Baixar arquivo
Geral

Correios vão leiloar 61 mil itens que não puderam ser entregues

Regra vale após todas as tentativas de entrega e terminado o prazo de direito à reclamação. Esse prazo varia de sete a 30 dias, conforme prevê o Código de Defesa do Consumidor. Itens vão de R$1.300 a R$ 85 mil.

Baixar arquivo
Educação

Em Curitiba alunos vão escolher entre ensino presencial ou remoto

Na rede pública de Curitiba, os alunos terão que optar pelo modelo presencial tem que respeitar protocolos de segurança.. Sem o modelo de ensino híbrido nas escolas da rede pública municipal de Curitiba, a partir de segunda-feira, as aulas passam a ser 100% presenciais ou 100% remotas.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Governo do RJ cria comitê de segurança hídrica

Baixo volume de chuvas acendeu o sinal de alerta em todo o país e levou o Governo do Estado do Rio de Janeiro a criar a iniciativa para definir um plano de ações na busca de conter os impactos da situação hídrica.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Leilão da tecnologia 5G será no dia 4 de novembro

Anatel aprovou nesta sexta-feira (24) o edital, que deve ser publicado até a próxima segunda-feira (27). O valor econômico ficou em quase R$ 50 bilhões, sendo que parte desse dinheiro deverá ser investido. Com a implantação da infraestrutura de rede, a agência espera R$ 163 bilhões de investimentos nos próximos 20 anos.

Baixar arquivo
Saúde

Capitais têm nível alto de transmissão comunitária do coronavírus

Mas, Fiocruz informa que casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave caíram no Brasil. Uma das justificativas é o aumento da população vacinada contra a covid-19.

Baixar arquivo