Quem teve auxílio emergencial negado pode recorrer até 6 de maio

Publicado em 29/04/2021 - 18:59 Por Larissa Louhsrania - Estagiária da Rádio Nacional* - Brasília

Os trabalhadores que tiveram o auxílio emergencial 2021 negado no último dia 26 de abril poderão recorrer da decisão até 6 de maio.

Os beneficiários terão uma nova chance de análise com dados atualizados. Porém, se a negativa por algum motivo definitivo, não será possível apresentar a contestação.

Cerca de 206 mil famílias receberão o benefício neste novo lote, de acordo com o Ministério da Cidadania. O dinheiro será transferido para as contas digitais seguindo o calendário de pagamento com início em 16 de maio para os nascidos em janeiro e término em 16 de junho para os aniversariantes de dezembro.

Para recorrer, basta acessar o site consultaauxilio.cidadania.gov.br. Na página está disponível uma opção para contestar no mesmo local da consulta, após entrar com o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Para mais informações entre em contato com a ouvidoria do Ministério da cidadania, no número 121.

Edição: Nádia Faggiani/ Sumaia Villela

Últimas notícias
Política

Governo estuda propor PEC para reduzir preços de combustíveis

Com a mudança constitucional, o governo não seria obrigado a compensar a redução dos impostos sobre combustíveis com a elevação de outros tributos, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Baixar arquivo
Educação

Enem 2022 vai ocorrer dias 13 e 20 de novembro

As provas do Enem 2022 - o Exame Nacional do Ensino Médio - devem acontecer nos dias 13 e 20 de novembro.

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes diz que PIB deve crescer em 2022

A declaração do ministro foi feita durante a participação dele no Fórum Econômico Mundial, que acontece em Genebra, na Suíça, no painel sobre as Perspectivas Econômicas Globais.

Baixar arquivo
Esportes

Desafio do técnico do Corinthians é armar meio-campo

Sylvinho descarta Paulinho como 1º volante e vê pressão como natural. Técnico do Corinthians crê que protagonistas do time podem atuar juntos.

Baixar arquivo
Política

Olinda Bolsonaro, mãe do presidente da República, morre aos 94 anos

Após a morte da mãe, na madrugada desta sexta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (PL) cancelou compromissos em viagem à Guiana – país que faz fronteira com a região Norte do Brasil – e retornou ao país.

Baixar arquivo
Geral

Covid: Na Bahia servidores são afastados por não comprovarem vacinação

O governo da Bahia publicou no Diário Oficial as portarias que orientam o afastamento temporário de 283 servidores de 13 órgãos e secretarias do estado, por não comprovarem a vacinação contra a covid-19.

Baixar arquivo