Governo lança programa para facilitar transporte de cargas

Publicado em 18/05/2021 - 21:06 Por Victor Ribeiro - Rádio Nacional - Brasília

O governo federal lançou nessa terça-feira (18) o programa Gigantes do Asfalto para facilitar o transporte de cargas e aumentar a renda e a margem de crédito para os caminhoneiros. O presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que cria o programa e mais um decreto e duas medidas provisórias com as ações que fazem parte do Gigantes do Asfalto.

Entre as medidas provisórias está a que muda as regras do Código de Trânsito para reduzir os casos de retenção dos caminhões. E altera uma lei de 1985 para aumentar a tolerância de peso por eixo.

A segunda medida provisória instituiu o Documento de Transporte Eletrônico (DTE), que vai reduzir a burocracia, ao reunir informações de outros 20 documentos. Já o decreto assinado por Bolsonaro cria as comissões nacionais de autoridades aeroportuárias, dos portos e de transportes terrestres.

O programa Gigantes do Asfalto tem como eixos principais infraestrutura, regulamentação de serviços, incentivos e qualidade de vida.

Além disso, a Caixa Econômica Federal anunciou uma série de medidas para a categoria. Entre elas, a abertura de contas digitais que poderão ser usadas para pagar serviços de pedágio e sacar o pagamento pelo frete.

A Caixa também vai abrir linhas de crédito para os caminhoneiros. Uma delas vai aceitar imóveis como garantia, em troca de juros mais baixos. O banco também vai oferecer novas maneiras de renegociar dívidas com mais de 12 meses, que poderão ser parceladas em até 96 meses e terão até 90% de desconto. A meta é renovar o crédito rotativo e a expectativa é que até 700 mil motoristas de caminhão possam se beneficiar dessa renegociação.

 

Edição: Raquel Rodrigues / L Pedrosa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Plano Safra terá mais de R$ 251 bilhões em créditos para produtores

O Plano Safra 2021/2022 terá mais de R$ 251 bilhões em créditos para produtores rurais, o que representa alta de 6,3% em relação à edição anterior.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Crise e desemprego atinge de forma drástica migrantes e refugiados

Crise econômica e desemprego atingiram em cheio migrantes e refugiados. Dados do IBGE mostram que o desemprego no Brasil passou de 14% no primeiro trimestre e atingiu o recorde de 14 milhões e 800 mil brasileiros. Mas, para Gisele Netto, do Acnur, o cenário é pior para os refugiados.

Baixar arquivo
Economia

Dólar cai e fecha abaixo de R$ 5 pela primeira vez em mais de um ano

Influenciado pela perspectiva de aumento de juros no Brasil  a moeda norte americana fechou abaixo de R$ 5 pela primeira vez em mais de um ano. O dólar comercial fechou esta terça-feira (22) vendido a R$ 4,966, com recuo de R$ 0,057.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Coletivo de mães solo ajudam mulheres que cuidam dos filhos sozinhas

Um Coletivo criado por mães solo vem ajudando mulheres que cuidam sozinhas dos filhos em meio à pandemia de coronavírus. Quem quiser colaborar pode entrar em contato pelo site www.coletivomaternidadesolo.com.br

Baixar arquivo
Geral

CNC vai levar propostas sobre o Turismo para os candidatos em 2022

Oferecer alternativas para impulsionar o setor turístico brasileiro, que foi fortemente afetado pela pandemia da covid-19. Essa é a proposta do Projeto Vai Turismo. A iniciativa pretende elaborar orientações aos candidatos ao poder executivo, nas eleições de 2022, estaduais e nacional.

Baixar arquivo
Esportes

Maratonista brasileiro treina no Quênia para Jogos de Tóquio

Daniel está em Iten desde o último dia 6 e lá permanecerá até o embarque para a Olimpíada de Tóquio. Em maio, o paulista de apenas 22 anos já havia passado duas semanas no Quênia, com o técnico Neto Gonçalves, preparando-se para a primeira maratona da carreira, em Lima, no Peru.

Baixar arquivo