No Dia da Enfermagem, profissionais defendem piso salarial nacional

Categoria representa 65% da força de trabalho na pandemia

Publicado em 12/05/2021 - 09:22 Por Daniella Longuinho - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A crise sanitária causada pela covid-19 continua sendo um grande desafio para as pessoas, para o governo e para os profissionais que atuam na linha de frente do combate à pandemia, que enfrentam a batalha pela vida de seus pacientes.

O Brasil já registrou mais de 15 milhões de casos e 423 mil mortes por covid-19. Até o momento, quase 17% da população recebeu a primeira dose da vacina contra o coronavírus e mais de 8%, a segunda dose. O sistema de saúde nacional segue em atenção para os estoques de insumos e a disponibilidade de leitos exclusivos aos pacientes com o vírus.

E  nesta quarta-feira (12), Dia Internacional da Enfermagem, é momento de homenagear esses profissionais. Nesse cenário, a atuação deles ganha destaque pois são os responsáveis por 65% da força de trabalho no combate ao novo coronavírus, segundo o Cofen, Conselho Federal de Enfermagem.

Entre auxiliares, técnicos e enfermeiros, a categoria não tem um piso nacional estabelecido. O vice-presidente do Cofen, Antônio Marcos Gomes, lista as principais demandas desses profissionais.

A enfermeira Daniela Mota trabalha em uma Unidade Básica de Saúde do Distrito Federal, onde são atendidos casos leves e moderados de covid-19.  Responsável pela coordenação de uma equipe de saúde da família, ela conta que a demanda de trabalho tem sido intensa, mas que é apaixonada pela profissão.

O técnico em enfermagem Eduardo Dutra tem mais de 15 anos de atuação em UTIs. Preocupado com a exposição à doença e insatisfeito com o salário que recebia em um hospital privado de Brasília, ele decidiu se afastar por um tempo da profissão.  

Tramita no Senado um projeto de lei que prevê um piso salarial nacional para a categoria de enfermagem. A expectativa do Conselho Federal de Enfermagem é de que o texto seja aprovado na íntegra, o que seria um reconhecimento, segundo o vice-presidente do Cofen, do valoroso trabalho desempenhado pelos profissionais de enfermagem.

Edição: Raquel Mariano/Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo
Geral

Cristo Redentor é iluminado de vermelho contra trabalho infantil

O monumento ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, vai ser iluminado com a cor vermelha a partir das 18 horas deste sábado (12).

Baixar arquivo
Geral

Políticos repercutem a morte de Marco Maciel, aos 80 anos

Morreu neste sábado (12), o ex-vice-presidente da República Marco Maciel, aos 80 anos, em Brasília.

O político, nascido em Pernambuco, esteve no cargo entre 1995 e 2002, eleito junto com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele era filiado ao PFL, hoje DEM.

Baixar arquivo