Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

Ecko era acusado de liderar um grupo paralimilitar

Publicado em 12/06/2021 - 16:05 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do estado e o criminoso mais procurado do Rio. Ele reagiu, foi baleado e morreu a caminho do hospital público para onde estava sendo socorrido pelos policiais.

Ecko estava na casa de parentes, na comunidade das Três Pontes, em Paciência, na Zona Oeste da cidade

A operação, batizada de Dia dos Namorados, é parte da Força-Tarefa de Combate às Milícias, criada em outubro de 2020, com o objetivo de desarticular o braço financeiro das organizações criminosas.

Segundo a Polícia Civil, as informações de inteligência foram reunidas em quase seis meses de investigações, inclusive com as interceptações telefônicas de várias pessoas, como a mulher de Ecko, feitas com autorização do Tribunal de Justiça do estado.

Ainda de acordo com a Polícia Civil,  o bando de Ecko, conhecido como Bonde do Ecko, domina boa parte da Zona Oeste da capital fluminense, além de outros redutos no estado,  e explora diferentes atividades ilegais sempre utilizando de violência em suas ações. O bando se originou a partir da prisão dos líderes da então chamada Liga da Justiça.

Além da acusação de liderar o grupo paramilitar, Ecko seria responsável, segundo a polícia, pela aproximação dos milicianos e traficantes de diferentes facções criminosas que atuam no Rio. O Disque Denúncia oferecia uma recompensa de R$ 10 mil por informações que levassem ao miliciano.

Edição: Bianca Paiva/Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Conitec recomenda consulta pública sobre tratamento de covid-19

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde, do Ministério da Saúde, recomendou hoje (21) o encaminhamento para consulta pública das diretrizes sobre os medicamentos para tratamento de covid-19. A reunião extraordinária da Conitec ocorreu na manhã desta quinta-feira e durou cerca de cinco horas.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

7 mil crianças e adolescentes são mortos a cada ano, diz UNICEF

7 mil crianças e adolescentes, em média, são mortos a cada ano no Brasil. E 45 mil meninos e meninas sofrem violência sexual no país anualmente, desde 2016.

Baixar arquivo
Educação

Rondônia proibe que escolas usem linguagem neutra, como o "todes"

A linguagem neutra propõe o uso de expressões e troca de letras em palavras para evitar a binaridade entre os gêneros masculino e feminino. Por exemplo, amigos ficaria “amigues” e os pronomes ele e ela, ficariam “elu”.

Baixar arquivo
Esportes

Cidade de São Paulo realiza Jogos LGBTQIAP+ para promover a inclusão

A competição vai contar com três modalidades: futebol de campo, futsal e vôlei. Ainda dá tempo de se inscrever, mas é preciso correr, o prazo termina a meia noite desta sexta-feira.

Baixar arquivo
Economia

MG: Greve dos transportadores de combustíveis causa corrida aos postos

Postos de combustíveis na região metropolitana e em outras regiões do estado amanheceram com filas de veículos nesta sexta-feira. Os motoristas correram para abastecer após o anúncio da greve dos transportadores de combustíveis.

Baixar arquivo
Geral

Entrevista é Nacional: como transformar uma ideia em um negócio

Neste episódio do podcast Entrevista é Nacional, o apresentador do programa Brasil Rural conversa com o coordenador de empreendedorismo da Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia da Universidade Federal de Santa Maria.

Baixar arquivo