Em 2019, 38% da população tinha dificuldade no acesso à água tratada

Dados foram apresentados nesta quarta-feira pelo IBGE

Publicado em 23/06/2021 - 15:05 Por Lígia Souto - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Um levantamento divulgado nesta quarta-feira (23) pelo IBGE apontou que, antes da pandemia de covid-19, quase 38% da população brasileira enfrentava alguma dificuldade no acesso à água tratada. Além disso, cerca de 10% dos domicílios tinham mais de seis pessoas por dormitório e 2,6% não dispunham de banheiro em casa.

Os dados, referentes a 2019, foram coletados por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua. A partir deles, o IBGE aprofundou a análise das condições de vida dos brasileiros e consolidou os Indicadores Sociais de Moradia no Contexto Pré-Pandemia de Covid-19.

De acordo com o estudo, apenas 62,2% da população consumia água oriunda de rede geral de distribuição, com abastecimento diário e estrutura de armazenamento. Outros 22,4% moravam em domicílios sem abastecimento diário ou estrutura de armazenamento, enquanto 11,9% recebiam água de outra forma que não a rede geral. E ainda, 3,4% dos domicílios não estavam ligados à rede geral, nem contavam com canalização.

A analista do IBGE, Sofia Monti, reforçou a importância de disponibilizar informações sobre as dificuldades de cumprir medidas sanitárias de prevenção ao vírus em um contexto de pandemia.

O levantamento revela, ainda, que as dificuldades de higienização eram ainda maiores entre as grandes regiões do país. No Norte, 10,7% da população residia em domicílios sem canalização interna de água e abastecidos principalmente de outra forma, que não a rede geral de distribuição regular.

No Nordeste, essa proporção era de 7,9%, contra a média nacional de 3,4%.

Entre as unidades da federação, o maior índice de abastecimento irregular foi verificado no Pará, com 13,8%.

Já em relação à raça, o estudo aponta que, em 2019, o percentual de pessoas pretas ou pardas que viviam em lares onde a rede geral não era a principal forma de abastecimento de água chegou a quase 5%, acima de 1,6% verificado entre os brancos.

Edição: Vitória Elizabeth / Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Brasil recebe mais 2,1 milhões de vacinas da Pfizer contra a covid-19

Entregas fazem parte de 13 milhões de doses até o dia 1º de agosto, provenientes do primeiro contrato assinado entre a Pfizer e o governo federal em março.

Baixar arquivo
Esportes

Brasileiros conquistam as primeiras medalhas nas Olimpíadas de Tóquio

Kelvin Hoefler fez história ao participar do primeiro pódio olímpico do skate e o estreante Daniel Cargnin garantiu medalha no judô ao vencer israelense por waza-ari.

Baixar arquivo
Geral

Ilha de Paquetá, Rio, vacina hoje adolescentes contra covid-19

A ação com cerca de 400 adolescentes é mais uma etapa do projeto PaqueTá Vacinada, da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz.

Baixar arquivo
Esportes

Olimpíada: seleção feminina de futebol empata com a Holanda

O jogo, válido pela 2ª rodada do grupo F, ocorreu na manhã deste sábado (24) no estádio Miyagi. Debinha, Marta e Ludmila marcaram para o Brasil.

Baixar arquivo
Esportes

Felipe Lima se classifica para semifinal dos 100 m peito em Tóquio

Brasileiro conseguiu o melhor resultado da natação verde e amarela no primeiro dia de disputa da Olimpíada no Centro Aquático de Tóquio. 

Baixar arquivo
Cultura

Justiça do Rio decide desinterditar a Cidade do Samba

A Cidade do Samba estava interditada desde 11 de janeiro, a pedido do Ministério Público, para que as instalações fossem reestruturadas para reduzir os riscos de incêndio.

Baixar arquivo