Rio: Polícia ouve depoimentos de familiares de mulher morta no Lins

Kathlen Romeu morreu após levar tiro no tórax

Publicado em 11/06/2021 - 16:06 Por Lígia Souto - Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro ouviu, nesta sexta-feira (11), familiares da designer de interiores Kathlen de Oliveira Romeu, morta no último dia 8, após ser atingida por disparo durante um confronto entre policiais militares e traficantes, no complexo do Lins, na zona norte carioca. Kathlen, de 24 anos, que estava grávida de cerca de quatro meses, foi atingida por um tiro no tórax. Ela chegou a ser levada para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu ao ferimento.

A Polícia tenta esclarecer de onde partiu o disparo. A mãe de Kathlen, Jackelline Lopes; o pai, Luciano Gonçalves, e a avó Sayonara Fátima, chegaram pouco depois das 10 horas, na Delegacia de Homicídios da Capital, na Barra da Tijuca, unidade responsável por investigar o caso. Marcelo Ramos, namorado e pai da criança que ela esperava, também deve prestar depoimento.

A morte da jovem grávida desencadeou protestos e gerou comoção nas redes sociais. Lúcia Xavier, coordenadora da ONG Criola, que atua na defesa dos direitos das mulheres negras, disse que o caso obriga a sociedade a uma reflexão urgente sobre a mortalidade da população negra no país.

Os 12 policiais militares envolvidos na ação que resultou na morte de Kathlen foram afastados do serviço nas ruas. Eles devem aguardar a conclusão do inquérito cumprindo funções administrativas.  

Paralelo às investigações da Polícia Civil, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora instaurou um inquérito próprio. A PM alega que os policiais faziam patrulhamento de rotina, quando foram atacados a tiros por traficantes, na localidade conhecida como Beco da 14. Nenhum suspeito foi preso na ação.

O Ministério Público do Estado também instaurou um procedimento independente para apurar a morte de Kathlen Romeu.

Edição: Vitória Elizabeth/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Justiça

STF proíbe manutenção de empregos de aposentados em estatais após 2019

O plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu que o vínculo empregatício de funcionários de empresas estatais deixa de existir para todos os que se aposentaram depois da reforma da previdência de 2019.

Baixar arquivo
Política

Bolsonaro pede a supermercadistas que não aumentem a cesta básica

Durante encontro com empresários, no Rio de Janeiro, o presidente da Republica, Jair Bolsonaro, fez um apelo ao setor supermercadista para que segurem os preços da cesta básica. Os empresários entregaram uma carta com pedidos de avanço da vacinação e prorrogação do auxílio emergencial

Baixar arquivo
Saúde

Com aumento de casos de covid, Araraquara vai adotar novo lockdown

Com crescimento de casos de coronavírus, Araraquara vai adotar novo lockdown. A decisão foi tomada nessa quinta-feira depois da cidade registrar pelo terceiro dia consecutivo mais de 20% de testes positivos nas amostras colhidas de pessoas com sintomas e assintomáticas.

Baixar arquivo
Saúde

Governo do DF vai flexibilizar medidas de combate à covid-19

O governo do Distrito Federal vai publicar nesta sexta-feira novo decreto flexibilizando medidas de combate à covid-19. Com isso, pessoas do grupo de risco vacinadas devem voltar ao trabalho 30 dias após o recebimento da segunda dose da vacina ou da dose única.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz: Média móvel ultrapassa 2 mil mortes diárias por covid-19

A média móvel de mortes diárias por covid-19 voltou a ser superior a 2 mil nesta quarta-feira, de acordo a ferramenta Monitora Covid-19 da Fiocruz. Esse patamar não era alcançado desde 10 de maio, e mantém um movimento ascendente a partir do dia 6 de junho.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

2021 é o ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil

Entre 2012 e 2019, foram registradas mais de 54 mil denúncias de exploração do trabalho infantil. Os números estão disponíveis no Observatório Digital da Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, que foi atualizado nesta quinta-feira.

Baixar arquivo