Quem teve auxílio emergencial negado pode recorrer até sábado (24)

Requerimento deve ser feito pela internet

Publicado em 21/07/2021 - 14:07 Por Beatriz Albuquerque - Repórter da Rádio Nacional - Brasilia

Os trabalhadores que tiveram o pedido de auxílio emergencial negado pelo governo terão uma nova chance. Quem quiser recorrer da decisão tem até as 23h59 do próximo sábado (24). 

Os CPFs dos beneficiários passam por análises todos os meses. É justamente para conferir se atendem aos critérios previstos na lei para receber o auxílio emergencial.

O requerimento deve ser feito pela internet em consultaauxilio.cidadania.gov.br. Depois de preencher os dados pessoais, basta clicar na aba "Auxílio Emergencial 2021" e em seguida no botão "contestar". Aí é só aguardar a nova análise do benefício.

Quem já tinha ficado inelegível para o auxílio, contestou e perdeu, não pode recorrer novamente.

Os bloqueios feitos a pedido dos órgãos de controle não podem ser contestados ainda, pois estão sob análise. Esse bloqueio é feito de forma preventiva e, posteriormente, é definido pela liberação ou cancelamento do benefício em definitivo. Não há prazo definido para divulgação do resultado.

Além dos beneficiários do Bolsa Família, a quarta parcela do auxílio emergencial já está sendo paga aos demais trabalhadores, que se inscreveram pelos meios digitais ou que integram o Cadastro Único do governo federal.

Nesta quarta-feira (21) os trabalhadores nascidos em abril recebem a quarta parcela do auxílio. E ocorre assim até domingo (25), quando os aniversariantes de agosto terão o benefício depositado.  Semana que vem, é a vez dos nascidos em setembro. 

O benefício é pago em quatro parcelas, com valor médio de R$ 250, com exceção das mulheres chefes de família que criam os filhos sozinhas e recebem R$ 375, e dos indivíduos que moram sozinhos que têm direito a R$ 150.

Se você tiver qualquer dúvida ou reclamação sobre o auxílio emergencial, basta ligar para 121 ou acessar a Ouvidoria do Ministério da Cidadania, na internet: cidadania.gov.br.

Edição: Leila Santos/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Beatriz Ferreira e Hebert Conceição estão nas finais do boxe em Tóquio

Os baianos Beatriz Ferreira e Hebert Conceição estão nas finais do boxe na Olimpíada de Tóquio. No feminino, na categoria leve (até 60kg), a vaga foi garantida após a brasileira vencer a finlandesa Mira Potkonen por decisão unânime dos árbitros (5 a 0). Enquanto no masculino,

Baixar arquivo
Esportes

Caio Bonfim chega em 13º na marcha atlética de 20km

Ele competiu na madrugada desta quinta-feira (5), tendo encerrado a prova na 13ª colocação, com o tempo de 1h23min21s. A disputa aconteceu no Parque Sapporo Odori, no centro da cidade de Sapporo.

Baixar arquivo
Geral

Operação investiga esquema de golpe em investimentos de bitcoins

O alvo da operação é um suposto investidor especialista que teria lesado dezenas de pessoas em vários estados.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha pede cobrança de mais impostos sobre bebidas açucaradas

O excesso de açúcar é um dos responsáveis por cerca de três milhões de brasileiros com obesidade ou sobrepeso. O diabetes atinge a maior parte desses adultos, seguido pelas doenças cardíacas e cerebrovasculares.

Baixar arquivo
Política

Sem acordo deputados adiam votação da MP de manutenção de emprego

Por falta de acordo foi adiada, mais uma vez, a votação da  Medida Provisória  que cria o Novo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda. A MP  enfrenta resistência porque o relator, deputado Christino Áureo,incluiu vários outros temas no texto, como mudanças na CLT.

Baixar arquivo