Famílias precisam atualizar Cadastro Único até julho deste ano

Publicado em 13/05/2022 - 15:33 Por Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

As famílias beneficiárias de programas do governo, como Auxílio Brasil, Tarifa Social de Energia Elétrica e BPC, Benefício de Prestação Continuada, têm até o mês de julho para atualizar as informações no Cadastro único, o CadÚnico.

O governo estima que oito milhões de famílias precisam fazer essa atualização, porque têm dados inconsistentes e foram incluídas nos processos de Averiguação Cadastral de 2022. Por isso, precisam corrigir os dados até julho, para não terem o benefício cancelado. As que têm informações cadastrais desatualizadas têm até dezembro para regularizar os registros.

Os dados são coletados pelo Ministério da Cidadania e precisam estar atualizados, para garantir que os órgãos públicos utilizem o CadÚnico como forma de destinar benefícios e serviços à população. As famílias inscritas precisam, por regra, atualizar os dados a cada dois anos. Devido ao escalonamento feito durante a pandemia, estão sendo convocadas, este ano, somente as famílias que atualizaram os dados em 2016 ou 2017.

Edição: Paula de Castro Ribeiro / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Saúde

Ministério da Saúde lança programa Incentivo de Atividade Física

No Brasil, 15% do total de internações pelo SUS é atribuído à falta de exercícios físicos, conforme estimativa do Ministério da Saúde.

Baixar arquivo
Política

Paulo Dantas é eleito para governar Alagoas em mandato-tampão

Em votação indireta, a Assembleia Legislativa de Alagoas elegeu neste domingo, o deputado Paulo Dantas do MSB para governar Alagoas em um mandato-tampão.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Frente Fria chega ao Brasil neste domingo

O frio deve provocar geadas fortes, moderadas ou fracas nos três estados do Sul, além de Minas Gerais e São Paulo.

Baixar arquivo
Economia

Trabalhadores nascidos em maio já podem sacar até mil reais do FGTS

O valor depende do total acumulado nas contas. A Caixa fará o depósito na poupança digital, usada para o pagamento de benefícios sociais e previdenciários.

Baixar arquivo
Economia

Previdência privada atende apenas 3% dos aposentados brasileiros

A previdência privada atende apenas 3% dos aposentados brasileiros. Já os recursos do INSS são a fonte de renda de 92% dos aposentados.

Baixar arquivo