Assembleia-Geral das Nações Unidas aprova resolução contra a Rússia

Com apoio do Brasil, foram 141 votos a favor, 5 contra e 35 abstenções

Publicado em 02/03/2022 - 15:23 Por Gabriel Brum - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A Assembleia-Geral das Nações Unidas aprovou nesta quarta-feira uma resolução contra o ataque militar da Rússia na Ucrânia. Foram 141 votos a favor, 5 votos contrários e 35 abstenções. O Brasil votou a favor da resolução.

Apenas Belarus, Eritreia, Coreia do Norte, Rússia e Síria votaram contra. Tradicionais adversários dos EUA, como Cuba e China, se abstiveram.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, disse que o documento é claro. Determina acabar com as hostilidades na Ucrânia, silenciar as armas e abrir o caminho para diálogo e diplomacia. O secretário afirmou que não há mais tempo a perder e que o mundo quer um fim para o sofrimento humano no país.

Antes da votação, o representante da Ucrânia afirmou que a agressão militar é ilegal, que cometeu crimes bárbaros e chegou a dizer que a ação era genocida. Por fim, pediu respeito à Carta das Nações Unidas.

O representante da Rússia criticou a resolução e disse que as autoridades ucranianas mentem, apontou aumento do nazismo no país e que a ação russa visa acabar com os conflitos na região de Donbass.

Este é o sétimo dia da invasão russa no país vizinho. Os conflitos se acirram na capital Kiev e tropas russas avançam com comboios quilométricos em direção à cidade.

A população continua buscando sair das áreas de conflito no país. Segundo a ONU, já são mais de 870 mil refugiados da Ucrânia. A entidade quer levantar mais de 1 bilhão e 700 milhões de dólares para as ações humanitárias.

Edição: Jacson Segundo / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Geral

Cantareira (SP) vai a 40% do nível de água e entra em estado de alerta

Sabesp informou que ainda não há risco de desabastecimento. Sistema é composto por seis mananciais que, juntos, estão operando com 54% da capacidade.

Baixar arquivo
Geral

Chuvas: 40 mil pessoas estão desalojadas ou desabrigadas em Alagoas

As fortes chuvas que caíram em Alagoas a partir da madrugada deste sábado (02) deixaram 40 mil pessoas entre desalojadas e desabrigadas.

Baixar arquivo
Economia

Mercado de aviação cresce no Brasil, mas segue abaixo da pré-pandemia

Ao todo, 6 milhões e 400 mil passageiros voaram no mercado doméstico brasileiro em maio deste ano. O número representa 10% menos que o mês de maio de 2019, ou seja, antes da pandemia. 

Baixar arquivo
Internacional

Portugal vai criar novo visto de trabalho a brasileiros no país

Em visita ao Rio de Janeiro, neste sábado (02), o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza, citou a proposta que cria um novo visto de trabalho para brasileiros.

Baixar arquivo
Geral

Cristo Redentor ganha iluminação especial na cor laranja

O tom escolhido para irradiar o icônico ponto turístico faz uma alusão ao Dia Municipal de Redução do Risco de Desastres.

Baixar arquivo
Economia

Doação de pessoa para campanha via PIX só pode ser feita pelo CPF

A decisão por unanimidade foi do plenário do Tribunal Superior Eleitoral na sessão desta sexta-feira.

Baixar arquivo