Lula quer criar centro policial de países da Amazônia, em Manaus

O presidente também propôs criação de comitê para monitorar a floresta

Publicado em 08/07/2023 - 16:52 Por Gabriel Brum - Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende criar um centro de cooperação policial dos países da Amazônia, em Manaus. Ele defendeu a proposta neste sábado (8), na Colômbia, ao lado do presidente do país vizinho, Gustavo Petro. Lula falou ainda na criação de um comitê de especialistas para monitorar a floresta, com dados dos países amazônicos.

As declarações foram feitas no encerramento da Reunião Técnico-Científica da Amazônia, que foi realizada na cidade de Letícia, na Colômbia.

Lula disse que as polícias e os sistemas de Justiça dos países amazônicos têm que trabalhar juntos contra os crimes que ultrapassam as fronteiras.

Outra proposta do presidente é institucionalizar o Observatório Regional da Amazônia, de modo a sistematizar dados de todos os países, para orientar as políticas públicas.

Lula defendeu, ainda, a integração dos países nas áreas de saúde e economia sustentável, no combate à biopirataria, à violência de gênero e à exploração sexual.

O presidente brasileiro disse que os países com florestas tropicais têm que exigir juntos que as nações mais ricas cumpram a promessa de repassar US$100 bilhões, por ano, para a ação climática. E defendeu uma reforma do Fundo Global para o Meio Ambiente, para dar mais espaço a Brasil, Colômbia e Equador.

Edição: Daniel Ito/Fabíola Sinimbú

Últimas notícias
Educação

Aluna que sofreu bullying será indenizada em R$ 10 mil

Uma aluna de uma escola pública de Atibaia, no interior paulista, vai ser indenizada após sofrer bullying e o Estado de São Paulo vai ter que pagar R$ 10 mil à estudante.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Governo deve comprar 20 propriedades para reforma agrária em abril

O governo federal vai comprar as primeiras vinte propriedades para reforma agrária pelo programa Terra da Gente agora em abril.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Claudecy Oliveira terá que pagar R$ 5 bilhões em multas ambientais

Pecuarista é acusado de ter gastado mais de R$ 25 milhões em ações de desmate químico, no Pantanal mato-grossense. O desmatamento ilegal teria provocado a morte de árvores em pelo menos sete imóveis rurais, com a destruição de vegetação de área de preservação permanente e da biodiversidade.

Baixar arquivo
Justiça

Tornozeleira eletrônica é recomendada para agressores contra a mulher

A ideia é garantir o efeito das medidas protetivas de urgência em favor da vítima, de seus familiares e testemunhas. 

Baixar arquivo
Geral

SP: Câmara dos Vereadores vota hoje privatização da Sabesp

A sessão plenária para votação da privatização da Sabesp está convocada para as 15 horas. 

Baixar arquivo
Política

PM de SP retoma a operação Escudo na região litorânea do estado

A Polícia Militar retomou a operação Escudo na região litorânea do estado em busca do soldado da PM Luca Romano, que desapareceu no domingo.

Baixar arquivo