Justiça nega lockdown em Manaus

Pedido do MP

Publicado em 06/05/2020 - 22:20 Por Renata Martins - Brasília

A Justiça do Amazonas negou o pedido para determinar o isolamento total na capital Manaus. O chamando lockdown foi solicitado pelo Ministério Público do Estado.


A decisão foi proferida na noite dessa quarta-feira, pelo juiz Ronnie Frank Stone, da 1ª Vara da Fazenda Pública.


Para o magistrado, nesse momento de enorme tensão cabe aos Chefes do Executivo Estadual e Municipal decidir, sem atropelos, sobre eventuais ajustes nas medidas de isolamento. Na decisão o juiz Ronnie Frank registra que é necessário um debate amplo, com outros setores da sociedade, diante das consequências de restrições dessa natureza.


O governador Wilson Lima afirmou que as forças de segurança não dispõem de efetivo na quantidade necessária para fiscalizar as restrições já impostas.


Para conter a disseminação do novo coronavírus um decreto já determina o fechamento do comércio em Manaus e o uso de máscaras, além de proibir aglomerações.


Porém, segundo relato do governador, em alguns casos, a polícia fecha um estabelecimento de manhã, mas à tarde ele está novamente aberto.


O médico Henrique Freitas chegou esta semana em Manaus para atuar no combate a Covid-19. Ele relata que viu por diversas vezes o descumprimento das medidas para conter o coronavírus.


O Ministério Público do Amazonas informou que vai recorrer da decisão. O MP entende que os números sobre o avanço da pandemia no estado e a ascendência da curva de contaminação da Covid-19 são motivos suficientes para a adoção do lockdown.


Entre terça e quarta-feira, o Amazonas registrou 1.134 novos casos de Covid-19 e mais 102 mortes. Agora, o estado já totaliza 9.243 casos confirmados do novo coronavírus e 751 óbitos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Plano Safra terá mais de R$ 251 bilhões em créditos para produtores

O Plano Safra 2021/2022 terá mais de R$ 251 bilhões em créditos para produtores rurais, o que representa alta de 6,3% em relação à edição anterior.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Crise e desemprego atinge de forma drástica migrantes e refugiados

Crise econômica e desemprego atingiram em cheio migrantes e refugiados. Dados do IBGE mostram que o desemprego no Brasil passou de 14% no primeiro trimestre e atingiu o recorde de 14 milhões e 800 mil brasileiros. Mas, para Gisele Netto, do Acnur, o cenário é pior para os refugiados.

Baixar arquivo
Economia

Dólar cai e fecha abaixo de R$ 5 pela primeira vez em mais de um ano

Influenciado pela perspectiva de aumento de juros no Brasil  a moeda norte americana fechou abaixo de R$ 5 pela primeira vez em mais de um ano. O dólar comercial fechou esta terça-feira (22) vendido a R$ 4,966, com recuo de R$ 0,057.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Coletivo de mães solo ajudam mulheres que cuidam dos filhos sozinhas

Um Coletivo criado por mães solo vem ajudando mulheres que cuidam sozinhas dos filhos em meio à pandemia de coronavírus. Quem quiser colaborar pode entrar em contato pelo site www.coletivomaternidadesolo.com.br

Baixar arquivo
Geral

CNC vai levar propostas sobre o Turismo para os candidatos em 2022

Oferecer alternativas para impulsionar o setor turístico brasileiro, que foi fortemente afetado pela pandemia da covid-19. Essa é a proposta do Projeto Vai Turismo. A iniciativa pretende elaborar orientações aos candidatos ao poder executivo, nas eleições de 2022, estaduais e nacional.

Baixar arquivo
Esportes

Maratonista brasileiro treina no Quênia para Jogos de Tóquio

Daniel está em Iten desde o último dia 6 e lá permanecerá até o embarque para a Olimpíada de Tóquio. Em maio, o paulista de apenas 22 anos já havia passado duas semanas no Quênia, com o técnico Neto Gonçalves, preparando-se para a primeira maratona da carreira, em Lima, no Peru.

Baixar arquivo