Plenário do STF decide manter o inquérito das fake news

Notícias Fraudulentas

Publicado em 17/06/2020 - 20:10 Por Leandro Martins - Brasília

O Supremo Tribunal Federal julgou, nessa quarta-feira (17), uma ação do partido Rede Sustentabilidade que questionava um Inquérito do próprio STF sobre a existência de notícias fraudulentas, calúnias, ameaças e infrações contra a Corte, seus membros e familiares. A ação do partido é uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental.

 

Para a Rede, não havia indicação de ato praticado na sede ou dependência do STF ou de quem serão os investigados e se estão sujeitos à jurisdição do Supremo. O partido argumentou que, salvo raras exceções, não compete ao Poder Judiciário conduzir investigações criminais.

 

O inquérito está sendo conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes. O julgamento teve início na semana passada com o voto do relator, ministro Edson Fachin, pela legalidade e constitucionalidade da abertura do inquérito.

 

Segundo Fachin, o direito constitucional à liberdade de expressão não é absoluto e não justifica a realização de atos de incitamento ao fechamento do STF, de ameaça de morte ou de prisão de seus membros e de desobediência a decisões judiciais.

 

Também no STF, por 9 votos a 1, foi decidida nessa quarta-feira (17) a manutenção do ministro da Educação, Abraham Weintraub, no Inquérito das Fake News. Assim, foi negado o pedido de habeas corpus em favor de Weintraub, que tinha sido apresentado pelo ministro da Justiça, André Mendonça. O único voto contrário foi de Marco Aurélio Mello. Já o ministro Alexandre de Moraes não votou, por se declarar impedido neste julgamento.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo