Enfermeira que simulou vacina em idoso em Niterói é indiciada

Este é 1º indiciamento envolvendo a chamada "vacina de vento"

Publicado em 18/02/2021 - 13:19 Por Raquel Junia - Rio de Janeiro

A técnica de enfermagem que simulou ter aplicado a vacina contra covid-19 em um idoso no município de Niterói, na região metropolitana do Rio, foi indiciada por peculato e infração de medida sanitária preventiva.

O caso passou a ser investigado pela Polícia Civil após a família do idoso postar o vídeo nas redes sociais, mostrando o momento da vacinação em que a agulha é injetada, mas sem que a profissional pressionasse o embolo da seringa.

Apesar de outros casos parecidos que ganharam repercussão desde o início da campanha de vacinação, esse foi o primeiro indiciamento problemas desse tipo. No vídeo, a família pergunta se de fato a vacina foi aplicada.

A situação ocorreu no posto drive thru montado pela prefeitura para a imunização dos idosos no campus da Universidade Federal Fluminense, na última sexta-feira.

A técnica de enfermagem prestou depoimento nesta semana e, segundo a Polícia Civil, não conseguiu apresentar argumentos que justifiquem a suposta falha.// A suspeita é de desvio da dose, já que a seringa com o imunizante não foi encontrada.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informou que a profissional já está desligada do quadro de funcionários e que o caso foi denunciado ao Conselho Regional de Enfermagem. A secretaria disse também que a família do idoso foi imediatamente contactada e ele recebeu a vacina no mesmo dia.

Edição: Joana Lima

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo restringe entrada de estrangeiros vindos da Índia

Após recomendação da Anvisa, o governo federal proibiu temporariamente a entrada no país de passageiros estrangeiros de voos com origem ou passagem pela Índia, pelo Reino Unido, pela Irlanda do Norte e pela África do Sul.

Baixar arquivo
Geral

Quadro de saúde de Bruno Covas é irreversível, segundo boletim médico

Covas soube que estava com câncer entre o esôfago e o estômago em 2019. Internado desde 02 de maio no hospital Sírio-Libanês, ele está sedado e acompanhado de familiares.

Baixar arquivo
Saúde

Município de Botucatu realiza vacinação em massa

A iniciativa consiste em estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca; e é resultado de parceria entre a Prefeitura, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e Fundação Gates.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro tem melhora no risco da pandemia

A região norte saiu da bandeira laranja e passou para a amarela, risco baixo; e a região litorânea foi da laranja para a vermelha. Com as mudanças o estado fica na bandeira laranja, que indica risco moderado.

Baixar arquivo
Política

Corpo de Picciani é cremado em cerimônia no Rio de Janeiro

Jorge Picciani morreu aos 66 anos, na madrugada dessa sexta-feira, no hospital Vila Nova Star, em  São Paulo, onde estava internado desde o dia 8 de abril, para tratar de um câncer na bexiga.

Baixar arquivo
Saúde

Lewandowski concede a Pazuello direito de ficar em silêncio na CPI

A decisão contempla parcialmente o pedido de habeas corpus feito pela Advocacia-Geral da União e inclui o direito a não responder perguntas que possam incriminá-lo em seu depoimento, marcado para a próxima quarta-feira (19).

Baixar arquivo