Ação de suspender lockdown nos estados e no DF é rejeitada pelo STF

Publicado em 23/03/2021 - 22:13 Por Victor Ribeiro, repórter da Rádio Nacional - Brasília

O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello rejeitou o andamento de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pelo presidente Jair Bolsonaro. A ação pedia uma decisão liminar para suspender decretos dos governadores da Bahia, Rui Costa; do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Os decretos estabelecem medidas restritivas no combate à pandemia da covid-19. Entre elas o fechamento de atividades não essenciais e o toque de recolher noturno.

Para o ministro Marco Aurélio, a ação contém o que ele classificou de “erro grosseiro”: foi assinada pelo presidente Bolsonaro e não pelo Advogado Geral da União, José Levi. O ministro disse que o presidente pode propor uma ação de inconstitucionalidade, mas a Constituição determina que essa peça precisa ser assinada pelo advogado-geral.

Ainda na decisão, Marco Aurélio Mello voltou a defender o entendimento do Supremo Tribunal Federal de que União, estados, Distrito Federal e municípios devem atuar juntos na crise sanitária. O relator afirmou que os entes federativos formam uma espécie de “condomínio” na tarefa de cuidar da saúde e da assistência pública. E, ao presidente da República, cabe o papel de liderança.

Edição: Beatriz Arcoverde/ Raquel Mariano

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo
Geral

Cristo Redentor é iluminado de vermelho contra trabalho infantil

O monumento ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, vai ser iluminado com a cor vermelha a partir das 18 horas deste sábado (12).

Baixar arquivo
Geral

Políticos repercutem a morte de Marco Maciel, aos 80 anos

Morreu neste sábado (12), o ex-vice-presidente da República Marco Maciel, aos 80 anos, em Brasília.

O político, nascido em Pernambuco, esteve no cargo entre 1995 e 2002, eleito junto com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele era filiado ao PFL, hoje DEM.

Baixar arquivo