Justiça autoriza volta às aulas presenciais na cidade do Rio

Sindicato dos professores criticou a decisão

Publicado em 06/04/2021 - 18:06 Por Tatiana Alves - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Um dia após decisão liminar da Justiça Estadual suspender a volta às aulas presenciais nas redes pública e privada da capital fluminense, a medida foi revogada. O pedido de suspensão da liminar, apresentado pela Procuradoria-Geral do Município do Rio de Janeiro, que impedia a retomada das atividades, foi aceito pela Justiça. Com isso, as aulas já podem recomeçar nesta quarta-feira (7).

A decisão, porém, não agradou aos representantes dos profissionais de educação. Para o presidente do Sinpro, Sindicato dos Professores do Município, Osvaldo Teles, a medida é inaceitável e arriscada.

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Henrique Carlos De Andrade Figueira, foi quem autorizou a retomada. O magistrado concordou com as alegações do município, de que a decisão quanto ao funcionamento de creches, escolas, estabelecimentos de ensino e congêneres, sejam públicos ou privados, compete ao Executivo, não sendo atribuição do Judiciário interferir.

Para o desembargador, a urgência das medidas liminares exige ações coordenadas, conforme as peculiaridades de cada localidade, visando a prevenção e contenção de riscos e danos à saúde pública.

Andrade Figueira acrescentou que o controle judicial de políticas públicas deve ser uma medida de caráter excepcional com obediência à separação dos poderes. Ele informou que o município adotou o Protocolo Sanitário de Prevenção à Covid-19 para o retorno presencial, com procedimentos a serem adotados desde a chegada dos alunos na unidade escolar. O desembargador lembrou ainda que os pais podem escolher se deixam ou não seus filhos frequentarem as aulas.

Já a Prefeitura do Rio informou em nota que a volta das atividades presenciais segue o cumprimento de todos os protocolos sanitários, e ainda conta com o aval do Comitê Científico.

Edição: Vitória Elizabeth/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Prefeitura do Rio reduz restrições e autoriza atividades coletivas

A Prefeitura do Rio de Janeiro avançou na flexibilização das restrições para conter a pandemia de covid-19. Agora é permitido fazer atividades coletivas tanto em espaços públicos, quanto em áreas particulares. Mas a permanência nesses locais, apenas por lazer continua vetada.

Baixar arquivo
Saúde

Brasil receberá 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer até junho

Quase dois milhões de doses da vacina da Pfizer serão antecipados ao Brasil, entre abril e junho.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Brasil e União Europeia realizam encontro sobre mudanças climáticas

A ideia do encontro foi estabelecer um diálogo político sobre as mudanças climáticas e o desenvolvimento sustentável. 

Baixar arquivo
Política

Senado debate projeto que proíbe reajuste de medicamentos na pandemia

A correção nos preços é autorizada anualmente e definida pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, ligada ao Ministério da Justiça.

Baixar arquivo
Geral

Cheia do Rio Negro pode afetar quatro mil pessoas em Manaus

De acordo com boletim do Serviço Geológico do Brasil, o rio Negro segue em processo de enchente, subindo a uma média de 5 cm por dia, considerado alto para o período.

Baixar arquivo
Esportes

A 100 dias de Tóquio, Brasil já confirmou 200 vagas em 21 modalidades

A 100 dias dos jogos de Tóquio, o Brasil já confirmou 200 vagas em 21 modalidades e ainda tem chance de classificação em mais 30. Saiba mais com Astrid Nick. 

Baixar arquivo