Rio: Justiça decide soltar três presos em operação no Jacarezinho

Desembargador atendeu pedido de defesa de um dos réus

Publicado em 02/06/2021 - 13:02 Por Lígia Souto - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu pela soltura de três suspeitos presos durante a operação realizada na favela do Jacarezinho, na zona norte carioca. Considerada a mais letal do estado, a ação, que aconteceu no dia 6 de maio, deixou 28 mortos, incluindo um policial civil, baleado na cabeça no momento em que chegava à comunidade.

O desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado, atendeu pedido apresentado pela defesa de um dos réus. A fundamentação do magistrado para liberar os suspeitos da prisão preventiva foi "excesso de prazo na custódia" e demora no oferecimento da denúncia.

Com a decisão, Patrick Marcelo da Silva Francisco, Max Arthur Vasconcellos de Souza e Vinicius Pereira da Silva, presos em flagrante sob acusação de prática dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, ganharam o direito de aguardar o julgamento em liberdade.

O desembargador ressaltou que a demora na conclusão do inquérito policial e na apresentação da denúncia configura-se como coação ilegal.

A operação no Complexo do Jacarezinho tem sido questionada por organizações de direitos humanos e levou o Ministério Público do Rio de Janeiro a criar uma força-tarefa específica para investigar, entre outros pontos, as circunstâncias das mortes ocorridas na comunidade. E já expediu novo ofício reiterando que a Polícia Civil encaminhe as informações relacionadas à ação, que ainda estão pendentes. 

O MP estabeleceu um novo prazo de dez dias para o encaminhamento dos seguintes documentos: autos de apreensão, termos de cautela das armas utilizadas na operação, planejamento operacional e relatório final de investigação. A força-tarefa informou que os laudos do local e de necropsia já foram recebidos e que novos depoimentos de testemunhas, obtidos nesta semana, foram juntados aos autos.

Edição: Vitória Elizabeth/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Na Semana de Políticas sobre Drogas entorpecentes são incinerados

No Rio de Janeiro 20 toneladas de drogas apreendidas no estado foram incineradas nesta quinta-feira. A ação foi realizada na Companhia Siderúrgica Nacional, em Volta Redonda, no Sul fluminense.

Baixar arquivo
Geral

54 cidades no NE serão atendidas por obras de abastecimento de água

O governo federal assinou, nesta quinta (24), duas ordens de serviço para ampliar o abastecimento de água em cidades nordestinas. Uma das obras autorizadas é a construção da barragem Poço de Varas, que vai levar água potável para 42 mil pessoas.

Baixar arquivo
Justiça

Daniel Silveira é preso novamente após violar tornozeleira eletrônica

Na avaliação de Alexandre de Moraes o  restabelecimento da prisão é necessário, já que Silveira desrespeitou as restrições.

Baixar arquivo
Geral

Distrito Federal amplia flexibilização de medidas de restrição

Um novo decreto do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, publicado nesta quinta-feira, flexibiliza o horário de funcionamento de bares e restaurantes e do toque de recolher.

Baixar arquivo
Saúde

CPI da Pandemia: 305 mil mortes poderiam ter sido evitadas, diz médica

Pesquisadores defenderam medidas de contenção e distanciamento social LEi

Baixar arquivo