MP faz nova denúncia contra o ex-vereador Dr. Jairinho

Denúncia é por crime de estupro e lesões contra ex-namorada

Publicado em 21/07/2021 - 11:23 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O ex-vereador Jairo Souza Santos Júnior, conhecido como Dr. Jairinho, foi denunciado mais uma vez à justiça pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Desta vez, a denúncia é pelos crimes de estupro, lesões leve e grave, vias de fato e lesão de dano à saúde moral, cometidos contra uma ex-namorada durante o período em que se relacionavam, entre os anos de 2014 e 2020.  

A Promotoria de Justiça chama atenção para o fato de Jairo ostentar histórico de ofensas e agressões, demostrando não se intimidar com os sucessivos registros de ocorrência policial.

O MP pede a prisão preventiva de Jairinho, mas ele já está preso desde abril, acusado da morte do enteado Henry Borel, de quatro anos, no dia 8 de março. A mãe do menino, Monique Medeiros, também está presa. Na sexta-feira passada, o juiz Daniel Werneck Cotta, da 2ª Vara Criminal da capital, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, manteve a prisão preventiva dos dois.

Na decisão, o juiz diz que a prisão do casal visa assegurar a instrução criminal, lembrando que há notícias de coação de testemunhas pelos acusados.

De acordo com a polícia, a morte de Henry, de quatro anos, foi causada por agressões que ele sofreu no apartamento em que morava com o casal, mas antes disso, já tinha passado por torturas no dia 12 de fevereiro, conforme indicaram mensagens de celulares entre Monique e a babá Thayná,

Jairinho é acusado de homicídio triplamente qualificado. Além da morte de Henry, o ex-vereador foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro em dois casos de torturas em filhos de ex-namoradas e ainda por violência doméstica. No dia 30 de junho, Jarinho perdeu o mandato de vereador por quebra de decoro parlamentar, em decisão unânime dos vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Procurada, a defesa de Jairinho não se manifestou.

Edição: Leila Santos/ Renata Batista

Últimas notícias
Geral

Ministro de Minas e Energia descarta risco de apagão no país

Bento Albuquerque disse que o país atravessa a pior crise hídrica dos últimos 90 anos, com falta de chuvas nos principais reservatórios, mas setor elétrico soube trabalhar para superar o problema.

Baixar arquivo
Saúde

Cidades de São Paulo cancelam carnaval de 2022

São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Santo André decidiram cancelar o carnaval do ano que vem com receio do aumento de casos da variante Ômicron. 

Baixar arquivo
Economia

Fecomércio lamenta cancelamento do Réveillon no Rio de Janeiro

O presidente da Fecomércio reconheceu a importância do evento para setores fundamentais da economia, mas admitiu os riscos que a nova variante do coronavírus representariam em uma celebração desse porte.

Baixar arquivo
Saúde

Festa de Réveillon em Copacabana, no Rio de Janeiro, é cancelada

O fator predominante para cancelar o evento é o risco que representaria, diante do avanço em vários países da nova variante do coronavírus. A Ômicron já tem casos confirmados também no Brasil, por enquanto em pessoas que chegaram do exterior.

Baixar arquivo
Cultura

Bienal do Livro festeja reencontro de autores e público

Este ano, a festa literária faz homenagem a Zuenir Ventura. Na programação do fim de semana, debates sobre juventude, poesia, sustentabilidade, cultura geek e pop, saúde mental, e tendências do mercado literário.

Baixar arquivo
Cultura

Orquestra Maré do Amanhã se apresenta no Jardim Botânico

Criado em agosto de 2010, o projeto Orquestra Maré do Amanhã leva música clássica a crianças e adolescentes, moradores do Complexo de Favelas, considerado um dos maiores da zona norte carioca. 

Baixar arquivo