STJ revoga prisão de mulher que furtou macarrão e refrigerante

Publicado em 13/10/2021 - 18:51 Por Lucas Pordeus Leon - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A prisão de uma moradora de rua por furto de alimentos em um mercado de São Paulo foi revogada, nesta quarta-feira, pelo ministro do STJ, o Superior Tribunal de Justiça, Joel Ilan Paciornik. A decisão do magistrado foi baseada no princípio da insignificância.

A mulher foi presa em flagrante, no dia 29 de setembro, após furtar dois pacotes de macarrão instantâneo, dois refrigerantes e um refresco em pó, avaliados em 21 reais. O caso gerou repercussão nacional.

Para o ministro, a manutenção do inquérito policial não se justifica devido a lesão ínfima do furto e o estado de necessidade da mulher.

Ao converter a prisão em preventiva, a magistrada da primeira instância considerou que, como a acusada já havia cometido outros furtos, a reincidência impediria a aplicação do princípio da insignificância.

A Defensoria Pública recorreu ao Tribunal de Justiça de São Paulo, que também negou o habeas corpus, levando a defesa a entrar com recurso no STJ.

Ao defender a soltura da ré, o relator no Superior Tribunal de Justiça argumentou que os bens furtados representam menos de 2% de um salário mínimo e, segundo a mulher detida, foram subtraídos para matar a fome.

A Defensoria Pública de São Paulo, que atuou em favor da acusada, alega que desde 2004 o Supremo Tribunal Federal adota o princípio da insignificância para esses casos, mas que nem sempre ele é aplicado nas instâncias iniciais do judiciário, havendo outros casos de réus que respondem presos a essas acusações.

Edição: Bianca Paiva / Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Entrevista é Nacional: como transformar uma ideia em um negócio

Neste episódio do podcast Entrevista é Nacional, o apresentador do programa Brasil Rural conversa com o coordenador de empreendedorismo da Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia da Universidade Federal de Santa Maria.

Baixar arquivo
Política

Bolsonaro participa do dia da Força Aérea Brasileira

Em referência ao primeiro voo a bordo do avião 14 bis, em 1906, por Alberto Santos Dumont, o presidente Jair Bolsonaro participou, nesta sexta-feira, da cerimônia que também celebra o dia da FAB.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Especialista garante que métodos humanizados trazem alívio no parto

Um dos principais benefícios do parto humanizado é a diminuição da ansiedade. As mães ficam mais calmas e as coisas se tornam mais suáveis para os bebês.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Encontro, em Belém, de Saberes da Amazônia debate mudanças climáticas

O evento ocorre até este sábado (23) e antecede o Fórum Social Pan-amazônico e será um espaço voltado para troca de aprendizados tradicionais e científicos, que terá como protagonistas os detentores desses conhecimentos, e representantes de povos e movimentos sociais da pan-amazônia.

Baixar arquivo
Economia

Número de empresas cresceram antes da pandemia, diz pesquisa do IBGE

Após cinco anos em queda, o número de empresas no Brasil voltou a crescer no último ano pré-pandemia.

Baixar arquivo
Geral

Entrevista é Nacional: brasileiros criam curativo feito com açafrão

A Embrapa desenvolveu um curativo feito a partir do açafrão. O produto tem efeito bactericida, antioxidante e anti-inflamatório, acelerando o processo de cicatrização de feridas.

Baixar arquivo