Senado aprova André Mendonça para o STF

Publicado em 01/12/2021 - 22:21 Por Graziele Bezerra - Repórter Rádio Nacional - Brasília

O plenário do Senado Federal aprovou, por 47 votos a 32, a indicação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal

O ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União vai ocupar a vaga deixada pelo ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentou em julho.

Após a sessão, que o confirmou para o Supremo, André Mendonça fez um pronunciamento em que afirmou estar honrado com a nova função.

André Mendonça foi sabatinado pelos integrantes da Comissão de Constituição de Justiça do senado. A sabatina durou mais de sete horas e foi marcada após quase cinco meses de o presidente Jair Bolsonaro indicar o ex- AGU para a vaga.

André Mendonça se comprometeu com a democracia e com o Estado laico. Sobre violência de gênero, ele lembrou das operações realizadas no Ministério da Justiça quando ele foi ministro.

Em relação a política de desarmamento, disse que há espaço para porte e posse de armas, mas o debate deve ser no legislativo.

A posse de Mendonça, no Supremo, deve ocorrer ainda este ano, antes das festividades de final de ano.

Edição: Alessandra Esteves

Últimas notícias
Segurança

Polícia Militar ocupa a comunidade do Jacarezinho no Rio de Janeiro

No dia seguinte ao início da Operação Cidade Integrada, 250 policiais militares seguem ocupando o local com o objetivo de reestruturar a segurança pública da área. Organizações criticam falta de transparência no programa.

Baixar arquivo
Economia

Consumidor que economizou 10% de energia terá desconto na conta de luz

O consumidor que economizou, pelo menos, 10% de energia elétrica nos últimos quatro meses de 2021 vai receber desconto na conta de luz de janeiro.

Baixar arquivo
Cultura

Rio de Janeiro celebra Dia de São Sebastião, padroeiro da cidade

Segundo historiadores, Sebastião foi um soldado romano, martirizados por sua fé em Jesus. Nas religiões de matriz africana, no Rio, ele é sincretizado no Orixá Oxóssi, senhor da caça e da fartura.

Baixar arquivo
Saúde

Rio para vacinação de crianças contra covid-19 por falta de doses

A prefeitura do Rio de Janeiro parou o calendário de vacinação contra a covid-19 de crianças de 5 a 11 anos de idade por falta de doses. A previsão inicial era imunizar, nesta quinta-feira, meninas de 10 anos.

Baixar arquivo
Economia

CNC estima que Auxílio Brasil injetará R$ 84 bilhões na economia

A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa libera CoronaVac para crianças e jovens de 6 a 17 anos

Crianças a partir de seis anos e adolescentes até 17 anos podem ser vacinados contra a covid-19 com a CoronaVac.

Baixar arquivo