Região serrana do RJ contabiliza estragos causados pelas fortes chuvas

Fortes Chuvas

Publicado em 09/01/2020 - 12:57 Por Raquel Junia - Rio de Janeiro

Municípios da região serrana e sul do Rio sofrem com alagamentos e deslizamentos por conta de temporal.

 

Esta quinta-feira (09) é dia de contabilizar os estragos nos municípios do estado do Rio atingidos pelas fortes chuvas da tarde desta quarta-feira. Em Petrópolis, na região serrana do Rio, choveu 90 milímetros em menos de uma hora, quase nove vezes o previsto para todo o dia. 15 imóveis tiveram que ser interditados pela defesa civil do município no bairro Quitandinha.

 

A cidade tem 33 famílias desalojadas que foram para as casas e amigos ou parentes. A quantidade de chuva foi suficiente para transbordar o rio que corta o centro histórico da cidade, arrastar carros, espalhar muita lama e deixar pessoas ilhadas.// Foi o caso da cabeleireira Marcia Abrantes, que ficou presa no centro.//

 

Segundo a Prefeitura de Petrópolis, foram 343 ocorrências registradas pela defesa civil do município desde a ultima quinta-feira, quando começou a chover mais forte na cidade, 124 apenas nesta quarta-feira. Márcia relata que a população sempre fica apreensiva com as chuvas dessa época do ano, mas acredita que é possível minimizar os impactos com políticas públicas.

 

A prefeitura de Petrópolis afirmou, em nota enviada pela assessoria de imprensa, que os transbordamentos de rios e alagamentos são consequência do volume de chuva acima do previsto neste início de ano e que, entre outras ações de limpeza, nos meses de novembro e dezembro realizou o programa Rio Limpo, com a retirada de duas mil e 500 toneladas de sedimentos que poderiam assorear os cursos d’agua da cidade.

 

Em municípios do sul do estado também houve inundações por conta do transbordamento de rios. Várias casas e ruas foram invadidas pela água. Até o fechamento desta reportagem ainda não havia sido divulgado o número de desalojados e/ou desabrigados em municípios como Três Rios, Barra Mansa e Miguel Pereira.

 

De acordo com a Defesa Civil do estado do Rio, as cidades de Miguel Pereira e Barra Mansa solicitaram apoio do órgão, que atua quando a capacidade da defesa civil municipal é extrapolada. E a situação de alerta permanece porque de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a previsão de pancadas de chuvas no período da tarde e da noite, que podem ser fortes continua para todo o estado do Rio.

Últimas notícias
Saúde

OMS abre consulta para mudar nome da varíola dos macacos

A nomeação das espécies de vírus é de responsabilidades do Comitê Internacional de Taxonomia de vírus

Baixar arquivo
Saúde

Diabetes gestacional pode trazer mais riscos na hora do parto

O problema ocorre devido a mudanças hormonais que a mulher sofre durante a gestação

Baixar arquivo
Justiça

Termina quinta-feira o prazo para requerer voto em transito

Podem requerer o benefício os eleitores que não poderão estar no domicílio eleitoral no dia da votação, que será em 2 de outubro, para o primeiro turno; e 30 de outubro, onde houver segundo turno.

Baixar arquivo
Política

Eleições 2022: enquetes e sondagens estão proibidas

O tribunal define enquete ou sondagem como levantamento de opiniões sem a utilização de um método científico

Baixar arquivo
Educação

Prouni 2022: prazo para documentação vai até 24 de agosto

A apresentação da documentação pode ser feita presencialmente ou virtualmente a depender da instituição de ensino

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Exoesqueleto robótico auxilia a recuperação do movimento das pernas

A ideia do ExoTAO é o de ser uma órtese inteligente, um exoesqueleto robótico que ajude pessoas que perderam o movimento das pernas a recuperarem a capacidade de locomoção.

Baixar arquivo