MP do Rio determina à Cedae melhorias no complexo Imunana-Laranjal

Publicado em 08/04/2021 - 17:43 Por Solimar Luz, Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro e o Inea-Instituto Estadual do Ambiente devem apresentar à Justiça dados que comprovem a adoção de medidas para melhorar a qualidade socioambiental da bacia onde está localizado o Complexo de captação e tratamento de água Imunana-Laranjal. A decisão atende um pedido do Ministério Público do Estado, por meio do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente.

Ainda de acordo com a determinação da Justiça, a Cedae deverá apresentar, no prazo de 30 dias, projeto de reflorestamento na denominada "Área 1", devendo incluir o plantio e a manutenção de todas as mudas pelo prazo mínimo de quatro anos.

O Complexo Imunana-Laranjal abastece com água mais de um milhão e meio de consumidores da ilha de Paquetá, na capital, e das cidades de Maricá, Itaboraí, São Gonçalo e Niterói, na Região Metropolitana.

A questão ambiental é mais uma da série de problemas que os clientes da Cedae enfrentam. O pior deles tem sido a falta de qualidade da água, que chega à torneiras com gosto e cheiro de terra,além da cor turva. A moradora do Grajaú, na zona norte carioca, Roberta Bicalho, diz que este é um problema recorrente.

Como medida paliativa, entrou em operação nesta quarta-feira um novo sistema de bombeamento do Rio Guandu, para diminuir a quantidade de geosmina, substância que altera tanto o gosto quanto a cor da água.

De acordo com a Companhia, o aumento da vazão do rio para a Lagoa Grande, que também compõe o sistema de captação da Estação de Tratamento do Guandu, vai reduzir os fatores que contribuem para a concentração das algas responsáveis pela produção da geosmina, que se proliferam com mais rapidez quando há calor.

A Cedae alerta, no entanto, que a manobra não resolverá o problema de maneira definitiva. Mas há uma esperança com a obra de proteção da tomada de água da Estação de Tratamento, que deve ser licitada no dia 1º de junho. A obra tem investimento previsto de 132 milhões de reais, e duração de 24 meses.

Sobre a decisão da Justiça, a reportagem entrou em contato com a CEDAE, mas ainda não teve uma resposta. Já a Assessoria do INEA, informou que as informações ainda estão sendo apuradas.

Edição: Vitoria Elisabeth/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Política

Agenda da semana tem CPI da Covid-19 e nova Lei da Segurança Nacional

A CPI da Covid-19; um projeto para revogar decretos presidenciais que ampliaram o acesso a armas e munições; e uma proposta para substituir a atual Lei de Segurança Nacional estão entre os temas desta semana no Congresso.

Baixar arquivo
Justiça

STF deve julgar instalação da CPI da Covid-19 na quarta (14)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, antecipou para esta quarta-feira (14) o julgamento em plenário sobre a instalação da CPI da Covid-19 no Senado Federal.

Baixar arquivo
Política

Munhoz de Melo (PR) realiza eleição neste domingo

Os pouco mais de 3,3 mil eleitores da cidade da região Norte Central paranaense terão que escolher um novo prefeito e vice-prefeito apenas cinco meses após a eleição municipal de 2020.

Baixar arquivo
Geral

Projeto de assentamento vai beneficiar 170 famílias em Anapu, no Pará

De acordo com o Incra, o planejamento para o processo de seleção acontece ainda no primeiro semestre de 2021. 

 

Baixar arquivo
Esportes

Uma montanha de recicláveis para chegar ao topo do Everest

Conheça a história da educadora física Aretha Duarte, que pode ser a primeira brasileira negra a chegar ao pico mais alto do planeta - e que conseguiu o dinheiro para essa empreitada juntando material reciclável.

Baixar arquivo
Saúde

Manaus começa vacinar pessoas com comorbidades a partir desta segunda

A partir desta segunda-feira, dia 12, pessoas com qualquer tipo de comorbidades, que são as doenças preexistentes, vão poder buscar a vacina, contra a Covid-19, em Manaus, no Amazonas.

Baixar arquivo