Três navios são apontados como suspeitos por derramamento de óleo

Óleo atingiu mais de 250 praias do Nordeste em 2019

Publicado em 08/05/2021 - 14:17 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Três navios são apontados como suspeitos pelo derramamento de óleo nas praias do Nordeste, em 2019. As conclusões estão no inquérito da Polícia Federal sobre o caso. De acordo com a Marinha, os principais suspeitos são o Navio-Tanque Bouboulina, o Navio Tanque City Of Tokyo e o Navio Tanque Godam.

Ainda segundo a Marinha, o óleo apareceu a 700 km da costa brasileira, em águas internacionais, e atingiu mais de 250 praias do Nordeste, além de localidades em outros estados como Pará e Rio de Janeiro.

Para a Marinha, fica evidente a necessidade de investimentos no monitoramento de navios que transitam em águas brasileiras ou nas proximidades.

Os problemas gerados pelo derramamento do óleo chegaram a ser tema de uma CPI na Câmara dos Deputados. Mas em abril, a CPI do óleo foi encerrada sem apresentar conclusões. A finalidade da Comissão era investigar as origens das manchas, avaliar as medidas que foram tomadas pelos órgãos competentes, apurar responsabilidades e propor ações para minimizar os danos sociais e ambientais.

Segundo a Fundação Joaquim Nabuco, em nove estados nordestinos, 40,4% dos pescadores artesanais entrevistados no começo de 2020 relataram que estuários e manguezais próximos foram atingidos. 67,5% também relataram queda de renda por conta do petróleo nas praias. A redução da renda média entre os pescadores foi de 37,8%. Depois de mais de um ano de pandemia, não se sabe ainda o impacto da emergência sanitária sobre as famílias de pescadores já atingidas pelo óleo.

 

Edição: Raquel Mariano/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

EAD em faculdades particulares deverá crescer mesmo depois da Pandemia

Na década que vai de 2010 a 2019, o número de matrículas no ensino superior particular no Centro-Oeste aumentou 13% nas carreiras ligadas ao agronegócio e 8% nos cursos de saúde e engenharia.

Baixar arquivo
Economia

Aprovada MP que amplia prazo de remarcação de serviços de turismo

Senadores aprovaram nessa quarta feira  a Medida Provisória  que amplia o prazo para remarcação e reembolso de serviços nos setores de turismo e cultura não realizados em 2020 e 2021 em virtude da pandemia da covid-19.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Fórum Empresas com Refugiados é lançado para ajudar essa população

O Fórum Empresas com Refugiados, lançado nessa quarta-feira, pela Acnur - a Agência da ONU para Refugiados- e pela Rede Brasil do Pacto Global, foi criado para ajudar refugiados a ingressar no mercado de trabalho brasileiro.

Baixar arquivo
Segurança

Homícidios dolosos no Rio caem 9% em 2021

Os homicídios dolosos no estado do Rio de Janeiro caíram 9% nos cinco primeiros meses deste ano, na comparação com igual período de 2020. Foram 1.495 mortes, o menor valor para o período desde 1991, quando teve início a série histórica do Instituto de Segurança Pública.

Baixar arquivo
Saúde

Vacina contra covid:trabalhador de transporte coletivo terá prioridade

Trabalhadores do transporte coletivo foram incluídos no grupo prioritário para receber a vacina contra o novo coronavírus.

Baixar arquivo
Economia

Exigência de vacina para emprego é discriminação, diz MPT

Um anúncio publicado em um site de ofertas de emprego gerou questionamentos após a vaga exigir como requisito para contratação que o candidato fosse imunizado contra a Covid 19 com a vacina da farmacêutica Pfizer. 

Baixar arquivo