Maior soltura de peixes-bois da Amazônia acontece na semana que vem

Publicado em 16/07/2021 - 13:37 Por Edilene Barbosa - para a Rádio Nacional - Manaus

O retorno de peixes-bois ao habitat natural é um dos momentos mais comemorados por biólogos, veterinários, tratadores, pesquisadores e parceiros que contribuem com a tarefa de salvar a espécie ameaçada de extinção. Ainda mais quando se trata da maior soltura de peixes-bois da Amazônia.

De acordo com o biólogo da Associação Amigos do Peixe-Boi, Diogo de Souza, os animais estão na última fase de avaliação (que são os exames clínicos) para garantir o retorno de animais saudáveis ao ambiente natural. Dependendo dos resultados, 12 ou 13 indivíduos, entre machos e fêmeas com idades entre cinco e 12 anos, devem voltar à natureza. Mas do resgate até essa fase, o biólogo diz que o processo foi - e sempre é - longo e bem complexo.

Contando com os peixes-bois que serão soltos, atualmente, no tanque do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), tem 72 animais. Cinco filhotes foram resgatados só neste ano - um número considerado alto pela pesquisadora e coordenadora do projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia, Vera da Silva, que também enfatiza a necessidade de mais recursos para que uma quantidade maior de peixes-bois voltem à natureza.

Outra forma de manter os animais nos rios é com ajuda das comunidades ribeirinhas e a recomendação da pesquisadora vai para os pescadores.

"A nossa recomendação é que se o pescador encontrou um filhote de peixe-boi na sua rede, e o filhote estiver bem - ou seja não não estiver nem ferido e nem muito magro -, ele deve liberar o filhote e ficar quieto observando para ver se o filhote vai embora. Se o filhote for embora, é porque ele está ouvindo o chamado da mãe e foi se encontrar com ela. Se ele continuar na área por algum tempo, alguns minutos, então sim, ele pode ser novamente retirado. E aí é a pessoa que encontrou esse animal que deve entrar em contato com a secretaria de Meio Ambiente do seu município, que tomará as devidas providências para o resgate desse animal. Então, vamos tentar manter os os peixes-bois no seu ambiente natural, com a sua mãe, o que é o ideal". 

A maior soltura de peixes-bois da Amazônia será de 20 a 23 de julho, na reserva Piagaçu-Purus, que fica no baixo Purus, a 223 quilômetros de Manaus. Quando os animais são devolvidos ao habitat natural, continuam sendo monitorados por um transmissor, com apoio de comunidades da região, como explica o biólogo da Associação Amigos do Peixe-Boi.

Livre na natureza, o peixe-boi pode viver até 60 anos. Todo esse trabalho de resgate, reabilitação e soltura faz parte do Programa de Reintrodução de Peixes-bois da Amazônia, executado pela Associação Amigos do Peixe-Boi, em parceria com o INPA e patrocínio da Petrobras Socioambiental.

Edição: Rádio Nacional / Nathália Mendes

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Beatriz Ferreira e Hebert Conceição estão nas finais do boxe em Tóquio

Os baianos Beatriz Ferreira e Hebert Conceição estão nas finais do boxe na Olimpíada de Tóquio. No feminino, na categoria leve (até 60kg), a vaga foi garantida após a brasileira vencer a finlandesa Mira Potkonen por decisão unânime dos árbitros (5 a 0). Enquanto no masculino,

Baixar arquivo
Esportes

Caio Bonfim chega em 13º na marcha atlética de 20km

Ele competiu na madrugada desta quinta-feira (5), tendo encerrado a prova na 13ª colocação, com o tempo de 1h23min21s. A disputa aconteceu no Parque Sapporo Odori, no centro da cidade de Sapporo.

Baixar arquivo
Geral

Operação investiga esquema de golpe em investimentos de bitcoins

O alvo da operação é um suposto investidor especialista que teria lesado dezenas de pessoas em vários estados.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha pede cobrança de mais impostos sobre bebidas açucaradas

O excesso de açúcar é um dos responsáveis por cerca de três milhões de brasileiros com obesidade ou sobrepeso. O diabetes atinge a maior parte desses adultos, seguido pelas doenças cardíacas e cerebrovasculares.

Baixar arquivo
Política

Sem acordo deputados adiam votação da MP de manutenção de emprego

Por falta de acordo foi adiada, mais uma vez, a votação da  Medida Provisória  que cria o Novo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda. A MP  enfrenta resistência porque o relator, deputado Christino Áureo,incluiu vários outros temas no texto, como mudanças na CLT.

Baixar arquivo