Morrem cerca de 50 animais nas estradas do Mato Grosso do Sul por mês

Publicado em 26/07/2021 - 12:41 Por Beatriz Albuquerque - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Tamanduá-bandeira, onça pintada, capivara, esses são apenas alguns dos animais que você pode encontrar atravessando uma das estradas de Mato Grosso do Sul. Mas, muitos desses animais acabam morrendo vítimas de atropelamento nessas rodovias. De acordo com dados da Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado, todos os meses morrem cerca de 50 animais silvestres nas estradas entre Bonito e Aquidauana.

E é justamente para diminuir esse número que existe, desde 2016, o programa Estrada Viva, que monitora cerca de 600 km de estradas no estado. A ideia é melhorar a sinalização, fazer canais de travessia para esses animais e educar os motoristas. E agora, o programa está sendo ampliado. Todas as rodovias do estado estarão inseridas no projeto. Eduardo Riedel, secretário de Infraestrutura do estado, explica que conhecer bem o problema ajuda muito na definição de estratégias para diminuir as mortes desses animais.

Riedel destaca ainda que atuar nas estradas, melhorando a sinalização e educando os motoristas, contribui com a redução não só das mortes dos animais silvestres, mas também de pessoas. O secretário afirma que a participação da população é fundamental para o sucesso do projeto.

Nessa expansão do programa, ONGs, governo do estado e a universidade estadual de Mato Grosso do Sul trabalham juntos para garantir a sustentabilidade da região, preservando as espécies e protegendo os motoristas de acidentes nas estradas. Mato Grosso do Sul abriga biomas ricos em diversidade, como Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica.

Edição: Leila Santos/ Marizete Cardoso

Últimas notícias
Pesquisa e Inovação

Fiocruz celebra 122 anos com histórias de sucesso e projetos de futuro

Em 122 anos a fundação cresceu e está presente em todas as cinco regiões do Brasil, com núcleos em dez estados, além do Distrito Federal e ainda tem parcerias com instituições científicas de 50 países.

Baixar arquivo
Saúde

Amazonas: Oftalmologia Humanitária realizará cirurgias e doará óculos

Os moradores dos municípios de Barcelos, Santa Isabel e Novo Airão, no Amazonas vão receber atendimentos oftalmológicos de graça a partir deste domingo até o dia 7 de junho.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU pede investigação "célere e completa" sobre morte em ação da PRF

Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu depois de ser colocado por agentes da PRF dentro de uma viatura de onde saía muita fumaça. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar a causa da morte como asfixia..

Baixar arquivo
Geral

Ao menos 33 pessoas morrem por causa das chuvas em Pernambuco

Uma única ocorrência neste sábado causou 19 óbitos: um deslizamento de barreira em uma comunidade na zona sul do Recife.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Dia da Dignidade Menstrual alerta para falta de acesso a itens básicos

Este sábado (28) é o Dia Internacional da Dignidade Menstrual, data que chama a atenção para a urgência de se garantir o acesso a itens de higiene, infraestrutura adequada e informação.

Baixar arquivo
Economia

Por liminar, justiça suspende demissões na Caoa Chery em Jacarei - SP

Segundo decisão da justiça do trabalho as dispensas coletivas precisam de prévia negociação considerando o impacto social que causam. A empresa tem prazo de cinco dias para o cumprimento da medida sob pena de multa de R$ 50 mil por dia. 

Baixar arquivo