Adasa será a nova gestora das águas da União no DF

Publicado em 15/09/2021 - 17:14 Por *Larissa Lousrhania - Estagiária da Rádio Nacional - Brasília

A ANA - Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, publicou nessa quarta-feira (15) que a nova gestora das águas da União do Distrito Federal será a ADASA - Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF.

A partir de 01 de outubro, a Agência passa a realizar atividades de monitoramento, fiscalização de reservatórios federais como lago Paranoá, e de rios que vão além dos limites do Distrito Federal, como o Descoberto, Preto e Maranhão.

A ADASA também poderá multar os usuários de recursos hídricos em casos de irregularidades. Os valores variam de R$ 100 a R$ 50 milhões de reais.

O contrato de cooperação técnica entre as duas agências é de 5 anos, com possibilidade de prorrogação.

Essa parceria conta com a capacitação e integração técnica das equipes envolvidas, além do desenvolvimento de novas tecnologias que serão usadas na fiscalização e monitoramento das águas da União no DF.

*Com supervisão de Sheily Noleto

Edição: Sheily Noleto / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Economia

Paulo Guedes participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Pela primeira vez, desde o início da pandemia de Covid-19, o Fórum Econômico Mundial faz a reunião presencialmente

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura do Rio faz acordo com empresas de ônibus e mantém tarifa

Em reunião realizada na última sexta-feira, ficou acordado que a prefeitura vai assumir a bilhetagem e pagar um subsídio às empresas com base na quilometragem rodada, e não mais com base no número de passageiros transportados

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pessoas aptas para adoção são 8 vezes mais do que crianças disponíveis

Mas, série de exigências desses país mantém 4.104 crianças e adolescentes no país sem uma nova família

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: estado de emergência termina oficialmente neste domingo

A situação de emergência começou em fevereiro de 2020, antes que o surto de covid se transformasse em pandemia

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos está em isolamento

O paciente tem 26 anos. Saiu de Portugal, passou pela Espanha e entrou na Alemanha

Baixar arquivo
Justiça

Justiça nega pedido de habeas corpus do ex-vereador Dr. Jairinho

A defesa pediu que sua prisão fosse substituída por monitoramento eletrônico. O ex-vereador está preso desde abril do ano passado, acusado da morte do menino Henry Borel, de 4 anos.

Baixar arquivo