Cinco municípios brasileiros têm risco de danos estruturais

Publicado em 28/07/2022 - 15:54 Por Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional - undefined

Cinco cidades brasileiras têm risco de danos estruturais, causados por eventos de natureza geológica: Alvarães, no Amazonas; Cordeirópolis, em São Paulo; Belo Oriente, Minas Gerais; Chaves, no Pará; e Batalha, em Alagoas. O alerta foi emitido pelo Serviço Geológico do Brasil, que publicou, nesta semana, a chamada Setorização de Áreas de Risco Geológico.

Os trabalhos foram realizados em campo, onde os geólogos buscaram identificar áreas urbanas dos municípios, que estão sujeitas a sofrerem perdas geológicas. A análise leva em conta as características do meio físico local, que podem levar a processos como “movimentos de massa, enchentes, inundações, erosões”, entre outros.

O pesquisador Tiago Antonelli explica que todos os trabalhos produzidos e os alertas nos municípios são enviados aos prefeitos municipais.

Segundo ele, o relatório oferece informações relevantes para o poder público tomar medidas de prevenção dos desastres e salvar vidas e bens materiais.

Segundo o documento, a cidade de Alvarães, no Maranhão, foi identificada como área de “muito alto risco” desde a última avaliação de 2014. Isso devido à expansão da cidade em zonas de igarapés, com solo muito úmido.

Em Chaves, no Pará, foram identificadas 15 áreas de risco, sendo a maior parte próxima à costa da ilha de Marajó, onde costuma chover muito. Em Alagoas, na cidade de Batalha, as inundações afetaram milhares de moradores, devido à expansão da área urbana e o excesso de chuvas. Em Cordeirópolis, São Paulo, a gestão amenizou a situação, após os alertas de 2015. Com isso, reduziu de 85 imóveis em áreas de alto risco, para cinco.

E em Belo Oriente, Minas Gerais, as intervenções humanas nas áreas de encosta geram o risco de movimentos de massa, responsável por 16 dos 23 setores de risco identificados.

Todas as informações sobre análises geológicas estão disponíveis no site do Serviço Geológico do Brasil, na internet. O órgão está vinculado ao Ministério de Minas e Energia.

Edição: Nádia Faggiani/ Renata Batista

Últimas notícias
Direitos Humanos

Rio lança o "Ouvidoria Mulher" para vítimas de violência doméstica

O serviço, lançado nesta quarta-feira (10),  faz parte das ações do Ministério Público do Estado, para marca o mês de agosto, em que se comemora os 16 anos da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Geral

PF faz ação contra organização que fraudava planos de saúde no RJ

Os investigadores estimam que em cinco anos, a partir de 2014, a gestão de uma operadora de plano de saúde de servidores públicos causou um prejuízo da ordem de R$ 664 milhões.

Baixar arquivo
Geral

PF prende homem acusado de roubar bitcoins nos EUA

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão; e um mandado de prisão preventiva na cidade de Imperatriz, sul do estado.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Lei em Salvador dará multa para quem intimidar mulheres na cidade

Ela estabelece sanções para quem cometer assédio contra mulheres, ou que as exponham publicamente a qualquer tipo de constrangimento, no âmbito da incidência, ou não, da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Justiça

Justiça aceita denúncia contra dona de asilo por maus-tratos

Vanessa da Silva Ferro de Souza é proprietária e administradora da casa de repouso para idosos Laço de Ouro, na zona oeste do Rio, onde um paciente da instituição morreu.

Baixar arquivo
Esportes

Etapa do Taiti define últimas vagas para Finals do Circuito de Surfe

Filipe Toledo, que lidera o ranking mundial, competirá na quarta bateria da primeira fase

Baixar arquivo