Perfis propagadores de desinformação são removidos de redes sociais

Publicado em 21/06/2021 - 09:54 Por Victor Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Desde o começo do ano, as plataformas de redes sociais passaram a bloquear ou até mesmo remover perfis apontados como propagadores de desinformação e discurso de ódio. Entre eles o do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Agora, perfis considerados influenciadores de opinião estão perdendo milhares de seguidores. De acordo com as plataformas, são perfis inautênticos, normalmente operados por robôs.

A pesquisadora em Democracia e Tecnologia no Instituto Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, Thayane Guimarães, destaca o que são esses perfis.

Tanto o Facebook quanto o Twitter e o YouTube alegam que esse tipo de perfil viola as regras de conduta nas redes sociais. E que os usuários podem recorrer da decisão.

O professor de Direito e Regulação da Informação da Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro, Nicolo Zingales, destaca os riscos que as contas inautênticas representam para cada pessoa e para a sociedade, em geral.

Nem toda conta operada por robô é inautêntica. O que faz a conta ser classificada dessa forma é ela funcionar sem transparência, fazendo outros usuários pensarem que é uma pessoa real.

Edição: Bianca Paiva/Edgard Matsuki

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Rede pública de ensino do RJ tenta reverter evasão escolar

Segundo  a Secretaria de Estado de Educação, o Censo Escolar de 2020 mostrou uma taxa de evasão de 0,2%  para alunos nos anos finais do Ensino Fundamental e 0,4% no Ensino Médio.

Baixar arquivo
Economia

Pesquisa da FGV mostra que café da manhã está mais caro

A alta de 9,40% ficou ligeiramente abaixo da inflação para o mesmo período,que foi de 9,60%. De acordo com pesquisa da Fundação Getulio Vargas, o preço do café disparou 28,69%, enquanto o pãozinho subiu 8,13%.

Baixar arquivo
Segurança

IBGE inclui perguntas sobre furtos e roubos na Pnad Contínua

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios vai traçar ainda um perfil das vítimas de furtos e roubos nos últimos 12 meses, com corte socioeconômico, além de identificar o que as pessoas têm feito para se proteger da violência.

Baixar arquivo
Economia

PIB brasileiro cresceu 3,6% em 12 meses, aponta FGV

Apesar da queda de 1% registrada na passagem de julho para agosto deste ano, a economia brasileira continua em trajetória de recuperação em relação a forte queda de 2020 devido à pandemia de covid-19.

Baixar arquivo
Geral

Defesa Civil emite alerta de risco geológico em Belo Horizonte

Alerta de risco geológico serve para manter a população atenta a possíveis pontos de desabamentos e deslizamentos. Acumulado de chuva dessa segunda-feira (18) já ultrapassou a média histórica para todo mês de outubro.

Baixar arquivo
Geral

Há 120 anos, Santos Dumont fazia primeiro voo controlado pelo homem

No dia 19 de outubro de 1901, a bordo de seu dirigível número 6, o brasileiro Santos Dumont contornou a Torre Eiffel, a uma altura de 250 metros, em voo acompanhado por uma enorme multidão. 

Baixar arquivo