Debate da Comissão do Impeachment pode seguir até sábado

Publicado em 07/04/2016 - 17:39 Por Victor Ribeiro - Brasília

 

Os líderes partidários marcaram para as 15 horas desta sexta-feira (8) a sessão de debates na comissão especial que analisa o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, na Câmara dos Deputados. A reunião não terá intervalos e pode se estender até o sábado, como anunciou o presidente da comissão, deputado Rogério Rosso, do PSD.

 

O parecer apresentado nessa quarta-feira pelo relator Jovair Arantes, do PTB, recomenda a continuidade do processo de afastamento da presidenta Dilma Rousseff, devido à assinatura de decretos para abertura de créditos suplementares sem permissão do parlamento e ao atraso no repasse de recursos aos bancos públicos, conhecido como pedaladas fiscais.

 

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, do PMDB, detalhou como serão os prazos se o relatório for votado na segunda-feira, como previsto.

 

A previsão de Eduardo Cunha é que a votação em plenário comece na sexta-feira da semana que vem e siga, pelo menos, até domingo.

 

O vice-líder do PT na Câmara, Henrique Fontana, criticou a rapidez para votar o impeachment, enquanto os trabalhos no Conselho de Ética, que apura se Cunha mentiu sobre contas bancárias no exterior, seguem em ritmo lento desde o ano passado.

 

Segunda-feira é o último dia para a Comissão Especial do Impeachment votar o relatório de Jovair Arantes. O líder do Democratas, Pauderney Avelino, acredita que a comissão deveria trabalhar no fim de semana para conseguir concluir o trabalho dentro do prazo.

 

A votação do relatório está prevista para ocorrer na segunda-feira, a partir das 17 horas. Até agora, 108 parlamentares estão inscritos para falar nos debates, o que corresponde a 27 horas e meia de falas. Esse número ainda pode aumentar durante a sessão desta sexta-feira.

 

 

* Matéria atualizada às 22h35 para complementação de informações.

Últimas notícias
Eleições 2020

Barco com corpos à deriva é encontrado no litoral do Pará

O inquérito está sob a responsabilidade da Polícia Federal no Pará que enviou equipes para a região.  

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Ministério da Saúde inicia Mês de Vacinação dos Povos Indígenas

O Ministério da Saúde inicia neste sábado, 13, o mês de vacinação dos povos indígenas. A proposta é intensificar a imunização em territórios indígenas, ampliando a cobertura vacinal, sobretudo em áreas de difícil acesso.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Ministério dos Esportes condena atos de racismo a alunos do DF

O Ministério dos Esportes condenou, neste sábado, os ataques racistas sofridos por estudantes no Distrito Federal. Alunos foram chamados de “macaco”, “filho de empregada” e “pobrinho” durante uma partida de futebol de salão entre colégios de Brasília. O caso aconteceu em três de abril e veio à tona, nesta semana.

Baixar arquivo
Internacional

Lula visitará Colômbia para fortalecer laços comerciais

A Colômbia é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, atrás apenas dos Estados Unidos e da China.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Governo garante amparo a gestantes em cargos públicos provisórios

Mulheres que trabalham na administração pública em cargo em comissão ou são contratadas por tempo determinado têm garantido o direito à licença-maternidade e à estabilidade provisória.

Baixar arquivo
Geral

Inmet alerta para risco de chuvas intensas pelo Brasil

A previsão é de acumulados de chuva variando entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia,

Baixar arquivo