Bate-boca marca primeira sessão do impeachment

Publicado em 25/08/2016 - 11:26 Por Priscilla Mazenotti - Brasília

* Matéria atualizada às 17h49 para complementação de informações e inserção de sonoras.

 

A manhã da primeira sessão de julgamento da presidenta afastada Dilma Rousseff foi marcada por muito bate-boca e tensão entre os senadores.

 

Desde cedo, os parlamentares de oposição acusaram os governistas de se articularem contra Dilma Rousseff e pediram para que denúncias contra outros parlamentares e contra o presidente interino Michel Temer fossem investigadas.

 

O auge da confusão ocorreu durante um discurso da senadora Gleisi Hoffmann, do PT, que falou em falta de moral na Casa. Houve protestos do senador Ronaldo Caiado, do Democratas. E o senador petista Lindbergh Farias, entrou na confusão e, com o dedo em riste, xingou Caiado.

 

Mais tarde, já com os ânimos refeitos, Caiado se explicou. Disse que estava apenas rebatendo um ataque. O mesmo argumento teve a oposição. A senadora Vanessa Graziotin partiu em defesa da colega Gleisi Hoffmann.

 

Confusão resolvida, os senadores se dedicaram às questões de ordem. Foram dez ao todo. Todas negadas pelo presidente do Supremo, Ricardo Lewandowiski.

 

Os pedidos foram vários: para suspender o processo na parte relativa às contas de 2015 sob o argumento de que  essas contas ainda não foram julgadas pelo Congresso, para o arquivamento das denúncias por entender que não houve operação de crédito no caso das chamadas pedaladas fiscais e questionamentos em relação ao relator, senador Antônio Anastasia, do PSDB, partido favorável ao impeachment.

 

Os senadores, agora, estão na fase de depoimentos. Para os questionamentos, os senadores terão doze minutos, entre pergunta, resposta, réplica e tréplica, mesmo que as sessões terminem durante a madrugada. Só depois disso, na segunda-feira, é que a presidenta afastada, Dilma Rousseff, será ouvida pessoalmente pelos senadores.

Últimas notícias
Economia

Inflação medida pelo IGP-DI tem ligeira desaceleração, diz FGV

O IGP-DI, Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna, medido pela Fundação Getúlio Vargas, registrou inflação de 0,62% em junho, percentual inferior ao apurado em maio, quando fechou em 0,69%.

Baixar arquivo
Geral

Brasil pode ser reconhecido com produtor mundial de chocolates finos

O Brasil está a caminho de ser reconhecido mundialmente como produtor de chocolate finos. Em 2019, recebeu o selo de país 100% exportador de cacau fino e de aroma da Organização Internacional do Cacau.

Baixar arquivo
Geral

PF investiga suspeitos de crimes e fraudes contra a Previdência Social

Os agentes cumprem nove mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Baixar arquivo
Geral

Brasil produziu 700 mil toneladas de chocolate em 2021

No Dia Mundial do Chocolate (06) é importante dizer que a iguaria não é só muito gostosa. Também oferece benefícios à saúde, se consumido com moderação.

Baixar arquivo
Economia

Pesquisa da CNC aponta que população brasileira está menos endividada

O percentual de endividados registrou, em junho, o segundo recuo seguido após alta recorde da série histórica em abril deste ano.

Baixar arquivo
Justiça

PF realiza três operações contra garimpo ilegal de ouro no Brasil

As investigações da Operação Ganância começaram em fevereiro de 2021 após uma denúncia envolvendo empresas de Porto Velho, capital de Rondônia, do ramo da saúde, com acusações de lavagem de dinheiro e licitações fraudulentas ligadas ao garimpo irregular na região. 

Baixar arquivo