Janot pede de novo prisão de Aécio Neves ao STF

Inquérito

Publicado em 31/07/2017 - 21:25 Por Victor Ribeiro - Brasília

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, voltou a pedir para o Supremo Tribunal Federal a prisão preventiva do senador Aécio Neves, do PSDB. Ou, pelo menos, medidas cautelares como o afastamento do mandato parlamentar e o uso de tornozeleira eletrônica. A decisão cabe ao relator da ação, ministro Marco Aurélio Mello.

 

Para Janot, a prisão de Aécio é uma medida urgente, para preservar a ordem pública e a investigação. O procurador destacou que o Supremo já autorizou a prisão de outro senador em exercício. No caso, Delcídio do Amaral.

 

O novo pedido de prisão se refere ao inquérito que envolve Aécio; a irmã dele, Andrea Neves; o primo deles, Frederico Pacheco; e Mendherson Souza Lima, ex-assessor do senador Zezé Perrela, do PMDB. Após a delação premiada do grupo JBS, todos eles foram denunciados pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa e embaraço a investigação criminal.

 

É a segunda vez que a Procuradoria-Geral da República pede a prisão de Aécio Neves neste inquérito.

 

Na delação, o empresário Joesley Batista contou que Aécio Neves pediu R$ 2 milhões em propina. O senador mineiro também teria tentado interferir na distribuição dos inquéritos dentro da Polícia Federal.

 

Em nota, a defesa de Aécio afirmou que Rodrigo Janot repetiu os mesmos argumentos já rejeitados pelo ministro Marco Aurélio, no primeiro pedido de prisão. Acrescentou que, ao insistir na prisão do senador, a manifestação da procuradoria ignora princípios elementares de um Estado democrático e pretende substituir a Constituição.

Últimas notícias
Política

70 anos: promulgada emenda que amplia idade de nomeação de magistrados

O Congresso Nacional promulgou nessa terça-feira a Emenda à Constituição que aumenta de 65 para 70 anos, a idade máxima para nomeação em tribunais superiores.

Baixar arquivo
Economia

Câmara decide manter isenção para indústria química e petroquímica

O fim da isenção estava previsto para ocorrer de forma gradual até 2025. Porém, no final do ano passado o governo editou uma Medida Provisória acabando com a isenção já neste ano. Com isso, o governo esperava aumentar a arrecadação em mais de  R$ 1,5 bilhão em três anos.

Baixar arquivo
Geral

Podcast Entrevista é Nacional: recompensa para os bons motoristas

A proposta da criação do Cadastro Positivo pretende incentivar o bom comportamento ao volante e deve ser implementada em breve, ouça os detalhes no podcast Entrevista é Nacional.

Baixar arquivo
Geral

Três sistemas do Ministério da Saúde sofrem tentativa de ataque hacker

A pasta informou que o DataSUS identificou a tentativa de ataque hacker e para resguardar as informações optou pela interrupção temporária das plataformas para manutenção. Foram atingidos o ConecteSUS, o e-SUS e o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações.

Baixar arquivo
Política

Eleições vão contar com mais de 100 observadores internacionais

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, a presença desses observadores tem como objetivo garantir que o processo eleitoral decorra em clima de transparência, isenção e legalidade.

 

Baixar arquivo
Política

SP: ex-deputado Arthur do Val tem mandato cassado pela Assembleia

Também conhecido como Mamãe Falei do MBL, ele foi julgado por quebra de decoro parlamentar depois ter áudios com comentários machistas vazados durante o período em que esteve na Ucrânia.

Baixar arquivo