Ministro diz que extinção de reserva não coloca em risco áreas de preservação e terras indígenas

Meio Ambiente

Publicado em 26/08/2017 - 14:21 Por Samanta do Carmo - Brasília

Diante da repercussão negativa sobre a decisão de extinguir a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), localizada nos estados do Pará e Amapá, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, convocou a imprensa, na noite dessa sexta-feira (25), para prestar esclarecimentos.

 

O ministro ressaltou que a extinção decretada nessa quarta-feira (23) não coloca em risco as áreas de preservação ambiental e terras indígenas que integravam a reserva.

 

Ele argumentou que existem hoje 28 pistas de pouso clandestinas e mil pessoas praticando garimpo ilegal na região, e por ser uma reserva, a fiscalização ficava prejudicada.

 

Artistas e políticos têm se manifestado contra o decreto de extinção. O líder do PSDB na Câmara, deputado Ricardo Trípoli, pediu à Casa Civil da Presidência da República que reverta a decisão.

 

O senador Randolfe Rodrigues, da Rede, apresentou um projeto de lei no Congresso para sustar o decreto.

 

A modelo Gisele Bünchen escreveu em seu tuíter que o governo estaria leiloando a Amazônia. O ator Cauã Raymon chamou a decisão de retrocesso que ameaça o futuro do país. Outros artistas famosos, como Luciano Hulk, Ivete Sangalo e Fafá de Belém, pediram o retorno da reserva.

 

Mariana Napolitano, coordenadora do núcleo de ciências da WWF Brasil, destacou que essa abertura pode promover uma corrida ao ouro para essa região, gerando degradação ambiental e conflitos sociais. A reserva havia sido criado em 1984.

Últimas notícias
Justiça

MPF abre novo procedimento após morte de cidadão em abordagem da PRF

Imagens veiculadas na internet mostram a vítima presa dentro de uma viatura esfumaçada. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar que a vítima teve como causa da morte insuficiência aguda secundária a asfixia.

Baixar arquivo
Geral

Chuvas em AL: Governo reconhece situação de emergência em 9 municípios

O governo federal reconheceu a situação de emergência em nove municípios de Alagoas por causa das fortes chuvas que atingem o estado. Outras duas cidades estão com processo de reconhecimento federal em andamento. 

Baixar arquivo
Justiça

Chacina de Unaí: ex-prefeito é condenado a 64 anos de prisão

O Tribunal do Júri Federal condenou nesta sexta-feira o produtor rural e ex-prefeito Antério Mânica no caso do assassinato de três auditores fiscais e do motorista, em 2004, em Unaí (MG).

Baixar arquivo
Saúde

RJ: Casos de dengue aumentam 177% nos cinco primeiros meses deste ano

A capital fluminense concentra a maioria dos registros da doença, mas as regiões Noroeste e Norte apresentam alta transmissão, de acordo a Secretaria de Estado de Saúde.

Baixar arquivo
Economia

Ministério de Minas e Energia diz que estoque de diesel dura 38 dias

Se a importação desse combustível fosse suspensa, seria possível atender à demanda durante 38 dias, com esses estoques e a produção nacional.

Baixar arquivo
Economia

Eletrobras lança oferta de ações em mais um passo para privatização

A Eletrobras apresentou os documentos necessários para realizar a operação, com a qual a estatal espera movimentar mais de R$ 30 bilhões.

Baixar arquivo