Juiz nega novo pedido de prisão domiciliar a Paulo Maluf

Liminar

Publicado em 18/01/2018 - 08:50 Por Sumaia Vilela - Brasília

O juiz da Vara de Execuções Penais de Brasília, Bruno Macacari, negou, nesta quarta-feira (17), pedido de prisão domiciliar do deputado Paulo Maluf, do PP, encarcerado no Complexo Penitenciário da Papuda.


Ele está preso desde 20 de dezembro do ano passado, condenado a 7 anos e 9 meses de reclusão por lavagem de dinheiro.


A defesa de Maluf fez o pedido de prisão domiciliar com base na idade do deputado, 86 anos, e na existência de câncer de próstata, problemas no coração e uma doença degenerativa na coluna.


Os advogados sustentaram que a Papuda não tem estrutura para garantir a locomoção com segurança de Paulo Maluf ou equipamentos e profissionais necessários para atender o preso, de forma emergencial, no caso de um infarto.


O juiz já tinha negado o pedido de liminar. Na nova decisão, Bruno Macacari afirmou, sobre os problemas de locomoção, que foram feitas melhorias na unidade, como instalação de barras laterais, mas chama a atenção para uma entrevista dada por Maluf ao SBT em outubro do ano passado, quando parlamentar anda sem ajuda de bengala e declara que praticava caminhada diária de 3 quilômetros.


O problema no coração, ressalta Macacari na decisão, ocorreu há 20 anos e estaria controlado atualmente.


O juiz argumentou ainda que, se não existe médico plantonista 24 horas e equipamentos hospitalares no presídio, a estrutura também não existe na residência do deputado. Portanto, Maluf não se encaixaria nas condições para a prisão domiciliar.


Segundo o magistrado escreve na decisão, não se pode permitir a construção da ideia de que o sentenciado rico não deve permanecer preso porque o Estado não é capaz de assegurar a qualidade de vida que ele teria em liberdade, enquanto que para o pobre a estrutura seria suficiente.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Meio Ambiente

Senadores sobrevoam regiões afetadas por incêndios em Mato Grosso

A diligência nos municípios Poconé e Porto Cerrado incluem ainda uma visita ao espaço de recolhimento dos animais atingidos pelas chamas. Essa é a primeira atividade da comissão, instalada nessa semana.

Baixar arquivo
Geral

Praias voltam a ficar cheias no RJ, mas carros na orla são rebocados

A permanência na areia das praias e lagoas continua proibida em todo o estado. Na capital, também está proibido, aos sábados, domingos e feriados, o estacionamento de veículos particulares em toda a orla. Só podem estacionar os donos de carros que morem na região.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: país manifesta interesse em aderir a grupo global por vacina

O programa vai captar recursos para impulsionar o desenvolvimento de vacinas contra o novo coronavírus. O objetivo é também garantir o acesso aos medicamentos de forma ampla e fácil, evitando disputas por patentes ou conflitos econômicos que prejudiquem a chegada da vacina às populações.

Baixar arquivo
Segurança

Flordelis será obrigada a usar tornozeleira eletrônica

A deputada é acusada de ser a mandante do assassinato do marido e pastor Anderson do Carmo, em junho do ano passado, na casa deles, em Niterói.

Baixar arquivo
Cultura

Três editais para o setor cultural estão com inscrições abertas no RJ

As inscrições podem ser feitas na página da Funarj, na internet. Já para o Lab Curta, as inscrições devem ser feitas pelo site labcurta.com

Baixar arquivo
Cultura

Três editais para o setor cultural estão com inscrições abertas no RJ

Três editais estão abertos para pessoas ligadas ao setor cultural. O exame de seleção é da Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, a Funarj.

Baixar arquivo