Governo cedeu o limite do possível para atender caminhoneiros, diz Guardia

Eduardo Guardia

Publicado em 28/05/2018 - 10:40 Por Danyele Soares - Brasília

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou que o governo cedeu até o limite do possível para atender às reivindicações dos caminhoneiros.


Em entrevista à TV Globo, o ministro destacou que, com as medidas anunciadas no domingo (27) à noite pelo presidente Michel Temer, o governo atende ao que foi pedido pela categoria. Guardia disse que se tratam de medidas responsáveis.


Temer anunciou a redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel, que valerá por 60 dias.


Além disso, a Conab, Companhia Nacional de Abastecimento, garantirá 30% dos fretes para caminhoneiros autônomos.


Ainda há o compromisso do governo em acabar com a cobrança do pedágio dos caminhões com eixos suspensos, em todo o país, e também estabelecer um valor de frete mínimo.


Nesta segunda (28), o ministro explicou que, dos R$ 0,46 de redução no preço do diesel, R$ 0,16 ainda dependem de aprovação no Congresso Nacional, que analisa o projeto prevendo a reoneração da folha de pagamento das empresas.


Já os outros R$ 0,30 serão subsidiados pelo Tesouro Nacional, o que representa um impacto de R$ 9,5 bilhões aos cofres públicos.


Questionado se quem iria pagar essa conta seria o consumidor, Guardia explicou que, do total, R$ 5,7 bilhões vêm da margem positiva verificada no último relatório de receitas e despesas.


Outros R$ 3,8 bilhões virão de cortes no orçamento.


Com relação ao cumprimento da meta fiscal, que prevê déficit de R$ 159 bilhões, em função das medidas anunciadas, Guardia garantiu que o governo vai trabalhar e apertar o cinto para chegar ao resultado.

Últimas notícias
Pesquisa e Inovação

Fiocruz celebra 122 anos com histórias de sucesso e projetos de futuro

Em 122 anos a fundação cresceu e está presente em todas as cinco regiões do Brasil, com núcleos em dez estados, além do Distrito Federal e ainda tem parcerias com instituições científicas de 50 países.

Baixar arquivo
Saúde

Amazonas: Oftalmologia Humanitária realizará cirurgias e doará óculos

Os moradores dos municípios de Barcelos, Santa Isabel e Novo Airão, no Amazonas vão receber atendimentos oftalmológicos de graça a partir deste domingo até o dia 7 de junho.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU pede investigação "célere e completa" sobre morte em ação da PRF

Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, morreu depois de ser colocado por agentes da PRF dentro de uma viatura de onde saía muita fumaça. O IML de Sergipe identificou de forma preliminar a causa da morte como asfixia..

Baixar arquivo
Geral

Ao menos 33 pessoas morrem por causa das chuvas em Pernambuco

Uma única ocorrência neste sábado causou 19 óbitos: um deslizamento de barreira em uma comunidade na zona sul do Recife.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Dia da Dignidade Menstrual alerta para falta de acesso a itens básicos

Este sábado (28) é o Dia Internacional da Dignidade Menstrual, data que chama a atenção para a urgência de se garantir o acesso a itens de higiene, infraestrutura adequada e informação.

Baixar arquivo
Economia

Por liminar, justiça suspende demissões na Caoa Chery em Jacarei - SP

Segundo decisão da justiça do trabalho as dispensas coletivas precisam de prévia negociação considerando o impacto social que causam. A empresa tem prazo de cinco dias para o cumprimento da medida sob pena de multa de R$ 50 mil por dia. 

Baixar arquivo