PSDB confirma Alckmin como candidato a presidente da República

Política

Publicado em 05/08/2018 - 12:46 Por Kariane Costa - Brasília

O PSDB, Partido da Social Democracia Brasileira, confirmou neste sábado a candidatura do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, à Presidência da República nas eleições em outubro.

 

A senadora Ana Amélia, do PP do Rio Grande do Sul, é a candidata a vice-presidente.

 

A convenção nacional realizada em Brasília aprovou a chapa com 1 voto contrário, 1 Abstenção e 288 votos favoráveis.

 

A reunião também aprovou a coligação com o chamado bloco do centrão, formado por 8 partidos:  Democratas, PP, PRB, PR, Solidariedade, PTB, PPS e PSD.

 

Alckimin chegou acompanhado de Ana Amélia, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do ex-ministro José Serra, e de outros líderes da legenda.

 

Também estiveram na convenção presidentes dos partidos que decidiram apoiar o PSDB, como ACM Neto, que preside o Democratas.

 

Em discurso, Alckmin disse que se eleito vai combater o desemprego, a corrupção e focar em reformas.

 

Presidente do PSDB e 4  vezes governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de 65 anos, é médico e um dos fundadores do partido.

 

O tucano começou a carreira política há 46 anos, no Vale do Paraíba, onde foi eleito vereador, presidente da Câmara dos Vereadores e prefeito da cidade. Foi também deputado estadual e federal.

 

Esta é a segunda vez que Alckmin concorre ao Planalto. Em 2006, ele disputou a Presidência da República, mas foi derrotado no segundo turno pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que na época foi reeleito.

 

Já a vice de Alckimin, a senadora Ana Amélia, tem 73 anos, é jornalista, e está no seu primeiro mandato na política. Ela foi candidata ao governo do Rio Grande do Sul em 2014, mas perdeu a eleição.

Últimas notícias
Saúde

Rio retoma vacinação contra gripe nesta sexta-feira

A vacinação ficou suspensa por uma semana por causa da falta do imunizante.

Baixar arquivo
Geral

Pesquisa revela condições de vida e renda dos refugiados venezuelanos

Uma pesquisa feita por agências da ONU apontou dados importantes sobre as condições de vida e renda dos refugiados e migrantes venezuelanos interiorizados ao Brasil.

Baixar arquivo
Esportes

Corinthians é tricampeão paulista feminino

Com a presença de mais de 30 mil torcedores, as corinthianas fecharam o ano com a tríplice coroa, uma vez que conquistaram também as taças do Brasileiro e da Libertadores.

Baixar arquivo
Geral

Migração para os EUA esvazia cidade mineira de Alpercata

Os efeitos econômicos da pandemia do coronavírus, especialmente a baixa oferta de empregos, foram os principais motivos para o aumento da migração.

Baixar arquivo
Economia

Custo médio da cesta básica aumentou em nove cidades, de acordo Dieese

As cestas básicas mais caras foram encontradas em Florianópolis, São Paulo e Porto Alegre, custando entre R$ 710,53 e R$ 685,32. Já as cestas mais baratas: Aracaju Salvador e João Pessoa, com preços entre R$ 473,26 e R$ 508,91.

Baixar arquivo