Plano de governo de Marina Silva propõe reformas política, tributária e previdenciária

Rede

Publicado em 07/09/2018 - 06:55 Por Dayana Vítor - Brasília

O programa de governo apresentado pela Coligação Unidos para Transformar o Brasil, encabeçada por Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, apresenta a necessidade das reformas política, da previdência e tributária para o desenvolvimento do país.

 

Uma proposta de reforma política será apresentada ao Congresso estipulando o mandato de cinco anos para todos os cargos, a partir de 2022, e o fim da reeleição para cargos do Executivo e limitação de dois mandatos para o Legislativo.

 

Para a área tributária, a coligação pretende criar um imposto único: o IBS- Imposto sobre Bens e Serviços, rever renúncias fiscais e suspender o REFIS.

 

Na área previdenciária, a coligação afirma que a reforma é necessária, mas feita com regras e em um processo de transição misto.

 

Para o meio ambiente e infraestrutura, o programa afirma que haverá PPP's, as Parcerias Público-Privadas, para melhorar o saneamento básico no país. A meta é instalar, até 2022, 1,5 milhão de telhados para captar energia solar em comunidades carentes.

 

Para a educação, a proposta é implementar o Plano Nacional de Educação,  ampliar a oferta de creches para crianças de 0 a 3 anos e universalizar a educação infantil.

 

O programa de Marina pretende reformular o SUS e dividir o país em 400 regiões de saúde, que terão uma gestão compartilhada entre o governo federal, local, entidades filantrópicas e serviços privados.

 

Na segurança pública, criar um Plano Nacional de Segurança e instaurar um controle mais rígido das armas.

 

Marina Silva tem 60 anos, é historiadora e nasceu em Rio Branco, no Acre. Esta é a terceira vez que concorre à presidência da República. Já foi vereadora, deputada estadual, senadora e ministra do Meio Ambiente.

Últimas notícias
Internacional

Afeganistão: ONU está apreensiva com economia e direitos das mulheres

Este 15 de agosto marca um ano da tomada do poder pelo Talibã no Afeganistão. Agências da ONU estão apreensivas com o colapso da economia e o agravamento da situação humanitária.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: Floriano Faissal

Ele compôs músicas, trabalhou para tv e para o cinema, fez teatro, foi diretor de programas na Rádio Nacional e na Rádio MEC.

Baixar arquivo
Economia

Banco Central prevê inflação de 7,02% para este ano

A informação está no Boletim Focus divulgado nesta manhã. Esse é o primeiro Focus desde o anúncio pelo IBGE da deflação em julho.

Baixar arquivo
Economia

Economia cresce 0,69% em junho, diz Banco Central

A economia do país em junho cresceu 0,69% em relação a maio, conforme o IBC-Br, índice do Banco Central que mede a atividade econômica mês a mês. A divulgação foi nesta segunda-feira.

Baixar arquivo
Economia

Petrobras anuncia redução de R$ 0,18 na gasolina para distribuidoras

A partir desta terça-feira (16), o preço médio de gasolina tipo A vai passar de R$ 3,71 para R$ 3,53 o litro, uma redução de R$ 0,18. Essa é a terceira queda no valor do combustível desde julho. 

Baixar arquivo
Geral

Governo de SP anuncia edital para finalizar obras do Rodoanel

Obra vai interligar a rodovia Dutra com o restante da malha viária que circunda a região metropolitana de São Paulo. Trabalhos estavam parados desde 2018.

Baixar arquivo