PDT e PSB avaliam punir parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência

Dissidência partidária

Publicado em 17/07/2019 - 20:46 Por Kariane Costa - Brasília

Oito deputados federais do PDT que votaram a favor da reforma da Previdência, contrariando a orientação da legenda, foram suspensos.

 

A decisão foi da Executiva Nacional, da Comissão de Ética e dos presidentes dos Movimentos Sociais do partido.

 

Também foi instaurado processo disciplinar contra os deputados, que ficam suspensos até que o processo seja concluído, o que pode demorar até 60 dias.

 

Em março, o PDT fechou questão por unanimidade contra a reforma da Previdência apresentada pelo atual governo.

 

De acordo com o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, a decisão do Diretório Nacional é soberana e representa todas as instâncias partidárias. Ele explica o que significa na prática essa suspensão de dois meses.

 

Todos os deputados do PDT vão ter espaço de defesa. Depois, um relatório será encaminhado à Executiva Nacional da legenda, que, por sua vez, levará a questão ao pleno do Diretório Nacional.

 

Uma das deputadas suspensas e que foi alvo de críticas, foi Tábata Amaral. Ela informou, POR meio de sua assessoria, que não irá se pronunciar sobre o assunto.

 

À diferença do PDT, os PSB decidiu não suspender os parlamentares dissidentes.

 

Onze deputados federais do PSB vão responder processo no Conselho de Ética da legenda por terem votado a favor da reforma da Previdência.

 

Seis segmentos sociais organizados do partido apresentaram  representação contra os dissidentes.

 

O PSB fechou questão contra a reforma, e deputados que contrariaram a orientação do partido podem receber desde uma advertência até serem expulsos. Como explica o presidente da Comissão, Alexandre Navarro.

 

Os parlamentares já foram notificados e terão 10 dias para apresentar sua defesa.

 

Cada processo terá um relator que, ao final do trabalho, apresentará um parecer, pela punição ou não. A previsão é que todo processo seja concluído em agosto.

 

A decisão final, contudo, é tomada pelo Diretório Nacional.

Últimas notícias
Saúde

Saúde vai distribuir 6 milhões de doses da CoronaVac para crianças

Após a Anvisa autorizar o uso do imunizante por crianças e adolescentes de seis a 17 anos, agora a meta é vacinar pelo menos 10% desse público em cada estado.

Baixar arquivo
Saúde

Vacinação infantil contra a covid completa uma semana no Brasil

Ainda não há um balanço oficial que reúna os dados de todos estados de quantas crianças foram vacinadas até agora.

Baixar arquivo
Geral

Brasileiro desperdiça 60 quilos de comida por ano, diz Embrapa

Em muitos casos, isso acontece porque as pessoas não sabem utilizar integralmente frutas, verduras, legumes, ou até mesmo aquele alimento já cozido que fica esquecido no fundo da geladeira.

Baixar arquivo
Economia

Empresas podem regularizar débitos no Simples Nacional até 31 de março

O Comitê Gestor do Simples Nacional decidiu nesta sexta-feira prorrogar por dois meses a medida que valeria até 31 de janeiro.

Baixar arquivo
Segurança

Mais de 160 mil chaves Pix foram vazadas, confirma Banco Central

Os códigos pertencem ao banco digital Acesso Soluções de Pagamento. No comunicado, o Banco Central explicou que o vazamento ocorreu por causa de falhas pontuais nos sistemas de segurança do banco.

Baixar arquivo
Política

Governo estuda propor PEC para reduzir preços de combustíveis

Com a mudança constitucional, o governo não seria obrigado a compensar a redução dos impostos sobre combustíveis com a elevação de outros tributos, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Baixar arquivo