Câmara aprova projeto do novo marco regulatório de gás natural

Proposta é que gasodutos possam ser explorados por autorização

Publicado em quarta-feira, 2 Setembro, 2020 - 08:52 Por Lucas Pordeus León - Brasília

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria um novo marco regulatório para o setor de gás natural no Brasil trocando a concessão para o transporte do combustível por uma simples autorização. Foram 351 votos a favor e 101 contrários. A medida agora segue para análise no Senado.

Segundo o texto, a autorização para construção ou ampliação de gasodutos deve ocorrer após chamada pública realizada pela ANP, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Essas autorizações serão por tempo indefinido e só poderão ser revogadas, entre outros motivos, a pedido da empresa, se ela falir, se o gasoduto for desativado ou se a companhia descumprir obrigações de forma grave.

Atualmente, o transporte de gás é concedido à iniciativa privada por meio de concessão em licitação pública por 30 anos. Os atuais contratos vigentes devem se adequar às novas regras em até 5 anos após a publicação da lei.

O parlamentar do Cidadania do Espírito Santo, deputado Da Vitória, defendeu que o novo marco vai estimular o investimento privado no setor.

Já o deputado do PCdoB da Bahia, Daniel de Almeida, afirmou que o novo marco só beneficia algumas grandes empresas.

O projeto ainda acaba com a exclusividade dos estados na atividade de distribuição de gás natural, permitindo a exploração desse serviço também pelas empresas privadas de energia elétrica e proíbe que a Petrobras participe do mercado de transporte do produto.

O texto ainda prevê mecanismos para viabilizar a desconcentração do mercado de gás, onde atualmente a Petrobras participa com 100% da importação e processamento, e cerca de 80% da produção. Nesse sentido, a agência que regula o setor deve acompanhar o mercado para estimular a competição e reduzir a concentração.

 

Edição: Lana Cristina

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Custo da cesta básica cai em 12 de 17 capitais pesquisadas pelo Dieese

Maiores reduções foram registradas em Campo Grande, Brasília, Belo Horizonte, Vitória e Goiânia

Baixar arquivo
Economia

Décimo terceiro de aposentados e pensionistas será antecipado

O governo federal vai antecipar o pagamento do 13º de aposentados e pensionistas do INSS, assim como fez no passado. A medida foi anunciada nesta sexta-feira (5) pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, depois de reunião com o deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC).

Baixar arquivo
Saúde

Pazuello diz que curva de transmissão de covid está estável em Chapecó

Ministro da Saúde esteve na cidade catarinense nesta sexta-feira (5) para ver de perto a situação da pandemia

Baixar arquivo
Cultura

Rock in Rio é adiado para setembro de 2022 por causa da pandemia

Edição do evento em Portugal também foi adiada, para julho do ano que vem. Atrações ainda não foram confirmadas

Baixar arquivo
Geral

Porto Velho (RO) abre licitação para compra de 1,8 mil covas

Durante a pandemia, a cidade de Porto Velho em Rondônia viu aumentar o número de mortos e de sepultamentos. Diante disso, a prefeitura abriu licitação para comprar 1,8 mil covas em cemitérios particulares.

Baixar arquivo