Câmara aprova projeto do novo marco regulatório de gás natural

Proposta é que gasodutos possam ser explorados por autorização

Publicado em 02/09/2020 - 08:52 Por Lucas Pordeus León - Brasília

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria um novo marco regulatório para o setor de gás natural no Brasil trocando a concessão para o transporte do combustível por uma simples autorização. Foram 351 votos a favor e 101 contrários. A medida agora segue para análise no Senado.

Segundo o texto, a autorização para construção ou ampliação de gasodutos deve ocorrer após chamada pública realizada pela ANP, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Essas autorizações serão por tempo indefinido e só poderão ser revogadas, entre outros motivos, a pedido da empresa, se ela falir, se o gasoduto for desativado ou se a companhia descumprir obrigações de forma grave.

Atualmente, o transporte de gás é concedido à iniciativa privada por meio de concessão em licitação pública por 30 anos. Os atuais contratos vigentes devem se adequar às novas regras em até 5 anos após a publicação da lei.

O parlamentar do Cidadania do Espírito Santo, deputado Da Vitória, defendeu que o novo marco vai estimular o investimento privado no setor.

Já o deputado do PCdoB da Bahia, Daniel de Almeida, afirmou que o novo marco só beneficia algumas grandes empresas.

O projeto ainda acaba com a exclusividade dos estados na atividade de distribuição de gás natural, permitindo a exploração desse serviço também pelas empresas privadas de energia elétrica e proíbe que a Petrobras participe do mercado de transporte do produto.

O texto ainda prevê mecanismos para viabilizar a desconcentração do mercado de gás, onde atualmente a Petrobras participa com 100% da importação e processamento, e cerca de 80% da produção. Nesse sentido, a agência que regula o setor deve acompanhar o mercado para estimular a competição e reduzir a concentração.

 

Edição: Lana Cristina

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Intenção de consumo das famílias fica estável em outubro

No entanto, em relação a outubro do ano passado foi registrada alta de 6,6%, a quarta taxa positiva neste tipo de comparação. Pesquisa foi feita pela CNC - Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

 

Baixar arquivo
Política

STJ determina afastamento de governador do Tocantins por seis meses

A decisão ainda precisa ser confirmada por uma corte especial composta pelos 15 ministros mais antigos do tribunal, que tem reunião marcada para hoje quando vai   analisar o caso.

Baixar arquivo
Saúde

Inscrições para o Exame Nacional de Residência começam nesta quarta

As inscrições para o Exame Nacional de Residência, o ENARE 2021, já estão abertas. Elas começaram nesta quarta-feira, dia 20, e vão até dia 8 de novembro.

Baixar arquivo
Saúde

Câncer de mama pode afetar até 66 mil mulheres por ano

Esse foi um dos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, em coletiva nesta quarta-feira. 

Baixar arquivo
Educação

Escolas estaduais do RJ voltam às aulas 100% presenciais na segunda

A decisão, publicada no Diário Oficial desta quarta-feira, foi tomada a partir da confirmação de que a maioria dos profissionais de educação está com o esquema vacinal completo contra a covid.

Baixar arquivo
Geral

Defesa Civil faz novo alerta de chuvas intensas em Belo Horizonte

A previsão é de pancadas de 20 a 30 milímetros de precipitação, acompanhadas de trovoadas, raios e rajadas de vento de até 50 km/h. 

Baixar arquivo