Empresas privadas poderão comprar vacina contra a covid-19

Projeto foi aprovado na Câmara e segue para sanção presidencial

Publicado em 03/03/2021 - 08:28 Por Kariane Costa - Brasília

Aprovado pela Câmara dos Deputados, segue para sanção presidencial o projeto que autoriza compra de vacinas contra à covid-19 por empresas privadas. 

O texto aprovado pelos deputados estabelece que enquanto durar a vacinação dos grupos prioritários, as doses compradas pela iniciativa privada deverão ser integralmente doadas ao SUS, o sistema público de saúde.

Vencida essa fase do programa nacional de imunização, o setor privado poderá comprar, distribuir e administrar as vacinas, mas ainda assim terá que doar pelo menos metade das doses adquiridas ao SUS. O restante precisa ser utilizado de forma gratuita e não poderá ser comercializado.

O relator do projeto, deputado Igor Timo, do Podemos, defendeu a compra de vacinas por empresas privadas. Mas, a iniciativa não agradou a todos.

O deputado Henrique Fontana, do PT,  disse que está receoso, mesmo que a metade da aquisição seja doada ao SUS.

O texto aprovado na Câmara também autoriza que a União, estados e municípios comprem vacinas e se responsabilizem por eventuais efeitos colaterais. Mas, os imunizantes precisam ter o registro na Anvisa ou autorização para uso emergencial.

Esse trecho  abre caminho para a entrada de novos tipos de vacina no Brasil e resolve, na prática, o impasse da Pfizer e da Sputnik V com o governo federal.

O Ministério da Saúde alega que ainda não comprou vacinas desses laboratórios por causa das regras contratuais.

Nessa terça-feira, deputados também aprovaram a medida provisória que abre crédito de R$ 2,5 bilhões para o Ministério da Saúde adquirir vacinas.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

IGP-10 sobe 1,58% em abril e acumula inflação de 9,16% este ano

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10, da Fundação Getúlio Vargas, subiu 1,58% em abril, acumulando alta de 9,16% somente este ano e de mais de 31% nos últimos 12 meses. 

Baixar arquivo
Geral

Eduardo Paes testa positivo para covid-19 pela segunda vez

Prefeito do Rio de Janeiro sentiu sintomas gripais leves e realizou o teste rápido nesta quinta-feira (15).

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz entregará mais 2,8 milhões de doses de vacina esta semana

A Fundação Oswaldo Cruz informou que entregará até o fim da semana mais 2,8 milhões de doses da vacina contra a covid-19.

Baixar arquivo
Saúde

Infectologista esclarece dúvidas para evitar contágio do coronavírus

Quais são os cuidados mais eficazes para evitar a contaminação da covid-19? Médica explica o que deve ser feito.

Baixar arquivo
Esportes

Cristo Redentor iluminado lembra a contagem regressiva para Tóquio

E para abençoar os 100 dias para os Jogos Olímpicos de Tóquio, o Comitê Olímpico do Brasil promoveu a ação de iluminar o Cristo Redentor, tradicional monumento carioca, com a marca da entidade, representando o uniforme da delegação brasileira nos jogos, na noite desta quarta-f

Baixar arquivo
Economia

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em maio

A nova rodada do auxílio emergencial começa a ser paga nesta quinta-feira a trabalhadores informais nascidos em maio. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

Baixar arquivo