Projeto que socorre setor de eventos segue para sanção presidencial

Parcelamento de débitos e isenção de tributos estão entre medidas

Publicado em 07/04/2021 - 22:01 Por Kariane Costa - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Aprovada na Câmara e segue para sanção presidencial a proposta que cria programa emergencial para socorrer o setor de eventos em razão do impacto econômico da pandemia.

O projeto prevê o parcelamento de débitos de empresas do setor com o Receita federal, além de outras medidas para compensar o prejuízo financeiro do último ano.

A regra geral prevê desconto de até 70% sobre o valor da dívida, com até 145 meses para pagar.  No caso dos débitos previdenciários, continua valendo o limite de 60 parcelas.

Poderão ser parcelados os débitos com a Receita Federal e a com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, incluídos os do FGTS.

O texto prevê a criação de uma indenização para as empresas do setor que tiveram redução superior a 50% do faturamento entre 2019 e 2020, limitada ao valor global de R$ 2,5 bilhões. O valor que cada empresa vai receber ainda será regulamentado.

O texto aprovado pela Câmara garante às empresas isenção de alguns tributos, como alíquota zero do PIS/Pasep e da Cofins por 60 meses, contados a partir da publicação da lei.

Para custear as despesas, os parlamentares definiram que uma das fontes serão os títulos da dívida pública emitidos pelo Tesouro Nacional.

Vão ser beneficiadas empresas de hotelaria, de eventos, cinemas e parques temáticos, entre outras atividades culturais. Também estão contempladas as entidades sem fins lucrativos.

Edição: Roberto Piza/ Sumaia Villela

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Cultura

80% da população ainda ouve rádio, diz pesquisa

É o que aponta o estudo Inside Radio 2021, da Kantar IBOPE Media. E mesmo aumentando a audiência das rádios pelo celular, as pessoas preferem é escutar no aparelho de rádio tradicional.

Baixar arquivo
Cultura

Nova edição da ViradaSP começa neste sábado em Mogi das Cruzes (SP)

Na programação de hoje estão apresentações do rapper Rael, da cantora Adriana Moreira e do cantor e contador de causos Rolando Boldrin, no quadro Rolando Prosa.

Baixar arquivo
Economia

Caixa inicia pagamento da sexta parcela do Auxílio Emergencial

Saques em dinheiro e transferências bancárias para quem nasceu em maio serão liberados no dia 8 de outubro. Valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem.

Baixar arquivo
Economia

Fim de ano pode gerar 94 mil vagas de empregos temporários, diz CNC

O cálculo é da CNC, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Economista alerta que a previsão depende do controle da pandemia.

Baixar arquivo
Geral

Correios vão leiloar 61 mil itens que não puderam ser entregues

Regra vale após todas as tentativas de entrega e terminado o prazo de direito à reclamação. Esse prazo varia de sete a 30 dias, conforme prevê o Código de Defesa do Consumidor. Itens vão de R$1.300 a R$ 85 mil.

Baixar arquivo
Educação

Em Curitiba alunos vão escolher entre ensino presencial ou remoto

Na rede pública de Curitiba, os alunos terão que optar pelo modelo presencial tem que respeitar protocolos de segurança.. Sem o modelo de ensino híbrido nas escolas da rede pública municipal de Curitiba, a partir de segunda-feira, as aulas passam a ser 100% presenciais ou 100% remotas.

Baixar arquivo