Ministro da Saúde é ouvido pela CPI da Pandemia

Publicado em 06/05/2021 - 22:03 Por Victor Ribeiro* - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Durou dez horas e meia a reunião da CPI da Pandemia que ouviu nessa quinta-feira o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele respondeu a diversas perguntas sobre os protocolos para conter as contaminações e a estratégia para comprar e distribuir vacinas. Queiroga detalhou como está a atual política de saúde e destacou que o Ministério da Saúde deve cumprir o papel de liderança no cenário nacional.

Queiroga detalhou o que tem sido feito e destacou que o Ministério da Saúde deve cumprir o papel de liderança no cenário nacional. Sobre tratamento precoce, o ministro afirmou que o assunto já está em discussão na Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde.

Para o ministro da Saúde, o que faz diferença é uma campanha de vacinação em massa e o cumprimento do que ele chamou de medidas não farmacológicas, que são o uso de máscara, a etiqueta respiratória, a higiene das mãos e o afastamento social. Marcelo Queiroga avaliou que o fechamento das atividades econômicas é uma medida extrema e deve ser adotada somente se todas as outras tiverem falhado. Questionado sobre a possibilidade de quebrar patentes para acelerar a fabricação de vacinas no país, o ministro disse que é contra.

A CPI da Pandemia volta a se reunir na próxima terça-feira (11) para ouvir o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres.

* Com colaboração de Maíra Heinen.

Edição: Raquel Mariano/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Rio anuncia vacinação de maiores de 18 anos até 31 de agosto

A cidade do Rio de Janeiro vai vacinar todas as pessoas com 18 anos ou mais até o próximo dia 31 de agosto. O calendário de vacinação foi antecipado em um mês e 21 dias.

Baixar arquivo
Geral

Universo: Entenda como as constelações são batizadas

Cassiopeia, Carina, Fenix...Estes nomes te remetem a alguma coisa? Não? E Andrômeda?! Este você conhece? Todos estes são nomes de constelações. Andrômeda está entre as mais famosas, e inspira obras de ficção científica.

Baixar arquivo
Política

Deputados voltarão a analisar MP sobre privatização da Eletrobras

O Senado aprovou nessa quinta-feira (17) a Medida Provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras, a maior empresa de energia elétrica da América Latina. 

Baixar arquivo
Esportes

Brasil vence Peru por 4 a 0

O Brasil ganhou do Peru por 4 a 0, nesta quinta-feira (17), pela Copa América. Já a Colômbia e a Venezuela empataram em 0 a 0.

Confira as notícias do futebol com Bruno Mendes.

Baixar arquivo
Justiça

STF proíbe manutenção de empregos de aposentados em estatais após 2019

O plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu que o vínculo empregatício de funcionários de empresas estatais deixa de existir para todos os que se aposentaram depois da reforma da previdência de 2019.

Baixar arquivo
Política

Bolsonaro pede a supermercadistas que não aumentem a cesta básica

Durante encontro com empresários, no Rio de Janeiro, o presidente da Republica, Jair Bolsonaro, fez um apelo ao setor supermercadista para que segurem os preços da cesta básica. Os empresários entregaram uma carta com pedidos de avanço da vacinação e prorrogação do auxílio emergencial

Baixar arquivo