Texto que autoriza cannabis no Brasil enfrenta obstrução na Câmara

Publicado em 18/05/2021 - 14:20 Por Lucas Pordeus León - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O projeto de lei que autoriza o cultivo da cannabis no Brasil enfrenta obstrução de parlamentares contrários à medida na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (18). O texto em discussão autoriza o cultivo da planta da maconha para fins medicinais, veterinários, científicos e industriais, mas tudo com restrições.

O plantio só seria permitido para pessoas jurídicas, como empresas, associações de pacientes e organizações não-governamentais. O projeto, porém, proíbe a produção ou comercialização de produtos feitos para fumar, como cigarros ou outras mercadorias na forma vegetal. O texto ainda exige autorização da Anvisa ou do Ministério da Agricultura para produção, com regras específicas para os locais de plantio.

A medida sofre uma forte oposição de um grupo de deputados, que usam todos os instrumentos de obstrução para tentar atrasar a matéria. O deputado capitão Alberto Neto, do Republicanos do Amazonas, pediu a retirada do projeto.

Os pedidos para retirar o tema da pauta foram rejeitados por 18 votos contra 16. Os deputados favoráveis às medidas destacaram que o objetivo é garantir acesso de medicamentos à base de maconha que hoje são importados, como argumentou Alex Manente, do Cidadania paulista.

O relator do projeto, Luciano Ducci, do PSB do Paraná, no parecer, destaca que em nenhum momento o projeto fala do uso recreativo da cannabis.

Em determinado momento, por discordância em relação à condução dos trabalhos, o deputado Diego Garcia, do Podemos do Paraná, se levantou e foi bater boca com o presidente da Comissão, deputado Paulo Teixeira, do PT paulista, que o acusou de agressão.

Se aprovado na Comissão Especial, o projeto segue direto para o Senado, por ser uma matéria sujeita à apreciação conclusiva da comissão. Contudo, um requerimento com assinatura de 52 deputados pode levar o projeto para o plenário da Câmara, antes de seguir para o Senado.

Edição: Leila Santos/ Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Covid: 95% dos municípios já começaram a aplicar a dose de reforço

Idosos e profissionais da área de saúde começaram a receber a 3ª dose.

Baixar arquivo
Geral

Empresa Brasil de Comunicação completa 14 anos

A estatal foi criada durante o 1°Fórum Nacional de TVs Públicas, em 2007, a partir da incorporação da Radiobrás e da Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto.

Baixar arquivo
Geral

Horário de verão não traz economia de energia, aponta estudo do ONS

A medida, que adianta uma hora nos relógios de alguns estados do país, já não está em vigor desde 2019, após decreto do Presidente Jair Bolsonaro.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra redução no número de óbitos pela covid-19

Os dados fazem parte da mais recente edição do Mapa de Risco da covid-19, divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde.

Baixar arquivo
Saúde

Certificado de imunização está disponível para quem tomou duas vacinas

Antes, só era permitida e emissão do certificado para quem tivesse tomado duas doses da mesma vacina. Agora, a pessoa que  tomou doses de vacinas diferentes pode emitir o documento pelo aplicativo Conecte SUS.

Baixar arquivo
Saúde

IFA produzido no Brasil passa por controle de qualidade nos EUA

A produção do IFA nacional teve início em 21 de julho. A previsão é de que a submissão do pedido de alteração de registro da vacina da Astrazeneca à Agência Nacional de Vigilância Sanitária, contemplando o novo local de fabricação do IFA, ocorra em novembro.

Baixar arquivo