Texto que autoriza cannabis no Brasil enfrenta obstrução na Câmara

Publicado em 18/05/2021 - 14:20 Por Lucas Pordeus León - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O projeto de lei que autoriza o cultivo da cannabis no Brasil enfrenta obstrução de parlamentares contrários à medida na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (18). O texto em discussão autoriza o cultivo da planta da maconha para fins medicinais, veterinários, científicos e industriais, mas tudo com restrições.

O plantio só seria permitido para pessoas jurídicas, como empresas, associações de pacientes e organizações não-governamentais. O projeto, porém, proíbe a produção ou comercialização de produtos feitos para fumar, como cigarros ou outras mercadorias na forma vegetal. O texto ainda exige autorização da Anvisa ou do Ministério da Agricultura para produção, com regras específicas para os locais de plantio.

A medida sofre uma forte oposição de um grupo de deputados, que usam todos os instrumentos de obstrução para tentar atrasar a matéria. O deputado capitão Alberto Neto, do Republicanos do Amazonas, pediu a retirada do projeto.

Os pedidos para retirar o tema da pauta foram rejeitados por 18 votos contra 16. Os deputados favoráveis às medidas destacaram que o objetivo é garantir acesso de medicamentos à base de maconha que hoje são importados, como argumentou Alex Manente, do Cidadania paulista.

O relator do projeto, Luciano Ducci, do PSB do Paraná, no parecer, destaca que em nenhum momento o projeto fala do uso recreativo da cannabis.

Em determinado momento, por discordância em relação à condução dos trabalhos, o deputado Diego Garcia, do Podemos do Paraná, se levantou e foi bater boca com o presidente da Comissão, deputado Paulo Teixeira, do PT paulista, que o acusou de agressão.

Se aprovado na Comissão Especial, o projeto segue direto para o Senado, por ser uma matéria sujeita à apreciação conclusiva da comissão. Contudo, um requerimento com assinatura de 52 deputados pode levar o projeto para o plenário da Câmara, antes de seguir para o Senado.

Edição: Leila Santos/ Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Covid-19: Queiroga diz que adultos serão vacinados até setembro

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prometeu nesta segunda-feira vacinar toda população adulta contra o coronavírus com pelo menos uma dose até setembro. Nesta segunda-feira chegou a 501 mil o número de mortos pela covid -19.

Baixar arquivo
Política

Ministros do TSE esclarecem segurança da urna eletrônica a deputados

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral receberam durante a tarde um grupo de deputados federais que fazem parte da comissão especial que discute a Proposta de Emenda à Constituição do voto impresso. Eles conheceram detalhes do sistema de votação eletrônica.

Baixar arquivo
Saúde

Grávidas e puérperas já podem ser vacinadas no DF contra a covid-19

As grávidas e as mulheres que ainda estão no período de resguardo pós parto, de 45 dias -  as puérperas - já podem ser vacinadas no Distrito Federal contra a covd-19. Mas é preciso se cadastrar no sistema de agendamento da Secretaria de Saúde.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Pesquisa aponta que vacinação evitou 40 mil mortes de idosos

Pesquisa aponta que este ano vacinação já evitou mais de 40 mil mortes de idosos pela covid-19 no Brasil. Os cálculos,indicam que sem a vacinação, a tendência era que em 2021, nos seis primeiros meses, o número de mortes de idosos com mais 70 anos ultrapassaria os 90 mil.

Baixar arquivo
Geral

Em 2019, 1,8 milhão de crianças foram submetidas ao trabalho infantil

1,8 milhão de crianças e adolescentes foram submetidas ao trabalho infantil em 2019, e o trabalho infantil tem um perfil de cor e idade.

Baixar arquivo
Saúde

Observatório Covid-19: pandemia pode se agravar com entrada do inverno

Infectologista destaca que o inverno é um momento de alerta e que em caso de aparecimento de sintomas relacionados a doenças respiratórias, como coriza, febre, tosse, dor de garganta, é necessária uma avaliação médica. 

Baixar arquivo