Corregedoria da Câmara de SP abre processo por racismo contra vereador

Publicado em 19/05/2022 - 19:32 Por Eliane Gonçalves - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

A corregedoria da Câmara Municipal de São Paulo abriu o processo que pode terminar na cassação do vereador Camilo Cristófaro, sem partido, por racismo. A relatora foi a vereadora Elaine Mineiro, do PSOL, que recomendou a cassação.

No começo do mês, o vereador foi flagrado usando expressões racistas. Cristófaro acompanhava a reunião da CPI dos aplicativos remotamente no momento em que o áudio vazou para os colegas que estavam no plenário. 

Enquanto a corregedoria discutia o caso nessa quinta-feira, ativistas protestavam em frente à Câmara levantando cartazes com frases como "coisa de preto é amar".

Segundo o corregedor geral da Câmara, o vereador Gilberto Nascimento, na semana que vem o processo deve ir a plenário e se o relatório for aprovado, aí sim começa a investigação. 

Só depois de passar pela corregedoria é que a o pedido de cassação volta para o plenário onde serão necessários dois terços dos votos, ou seja 37 vereadores, para Cristófaro perder o mandato. 

Edição: Roberto Piza / Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Economia

Doação de pessoa para campanha via PIX só pode ser feita pelo CPF

A decisão por unanimidade foi do plenário do Tribunal Superior Eleitoral na sessão desta sexta-feira.

Baixar arquivo
Saúde

Novos casos de Varíola dos Macacos foram confirmados no Rio de Janeiro

Com isso subiu para treze o número de notificações oficiais, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde.

Baixar arquivo
Internacional

Terremoto de magnitude 6,0 deixa pelo menos cinco mortos no Irã

O Irã está localizado à beira de várias placas tectônicas e é atravessado por falhas. O que faz o país ter uma alta atividade sísmica.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: os programas de calouros

O primeiro programa de calouros do rádio brasileiro, A Hora dos Calouros, foi criado na Rádio Cruzeiro do Sul, em São Paulo. Os concursos faziam as audiências aumentarem consideravelmente e, junto com elas, as verbas publicitárias.

Baixar arquivo
Saúde

Biomédicos estão autorizados a prescrever suplementos alimentares

Três categorias de biomédicos estão autorizados a prescrever suplementos alimentares: os profissionais habilitados em Acupuntura, Biomedicina Estética ou em Fisiologia do Esporte e da Prática do Exercício Físico. Antes, apenas médicos, nutricionistas e farmacêuticos tinham liberação para indicar esses produtos.

Baixar arquivo