Eduardo Braga apresenta parecer da reforma tributária no Senado

A previsão é de que a matéria seja votado na CCJ no dia 07 de novembro

Publicado em 25/10/2023 - 20:43 Por Daniella Longuinho - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O relatório da reforma tributária, apresentado pelo senador Eduardo Braga à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, nesta quarta-feira, acatou 205 das 670 emendas apresentadas pelos senadores.

Desde que começou a tramitar no Senado com ‘senso de urgência’, no começo de agosto, a reforma tributária foi alvo de nove audiências públicas na CCJ, duas audiências temáticas no plenário e de estudo técnico realizado pelo Ministério da Fazenda.

Ao ler o resumo do relatório na comissão, o senador Eduardo Braga destacou que o texto prevê uma 'trava' para aumento de impostos superior à média dos últimos dez anos.

De acordo com o texto, entre os benefícios identificados pelo mercado na mudança do modelo tributário estão a desoneração dos investimentos e exportações; a redução de custos com disputas judiciais e o pagamento dos tributos.

O senador Eduardo Braga destacou ainda a criação do comitê gestor responsável pela partilha tributária entre municípios e estados.

Sobre o Fundo Nacional do Desenvolvimento Regional, o relatório aponta que ele nasce como um dos principais instrumentos para substituir os benefícios fiscais. O novo valor destinado a estados sofreu um incremento e será de R$ 60 bilhões, como explica o senador Eduardo Braga.

A Reforma Tributária extingue cinco tributos: ICMS, ISS, IPI, PIS e Cofins. Em troca cria o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS); contribuição sobre Bens e Serviços (CBS) e o Imposto Seletivo.

A previsão é que o texto apresentado pelo relator da reforma tributária seja votado na CCJ no dia 07 de novembro. Em seguida, o texto será analisado no Plenário do Senado.


 


 


 

Edição: Jacson Segundo / Pedro Lacerda

Últimas notícias
Saúde

Campanha de vacinação: 22% do público-alvo tomou vacina contra gripe

A meta é vacinar 75,8 milhões de pessoas. Mas até agora foram vacinadas 14,4 milhões. 

 

Baixar arquivo
Geral

Apoiadores de Bolsonaro fazem ato público no Rio de Janeiro

Os discursos de aliados do ex-presidente misturaram política e religião, em favor de Bolsonaro, do dono da rede social X, Elon Musk, e da liberdade de expressão.

Baixar arquivo
Saúde

Brasil registra paciente com cólera em Salvador

O caso autóctone da doença – que teve origem no local onde ocorreu o diagnóstico - foi confirmado pelo Ministério da Saúde.

Baixar arquivo
Política

PEC do Quinquênio deve ser analisada no plenário do Senado nesta terça

A proposta de Emenda à Constituição estabelece um adicional por tempo de serviço para magistrados, integrantes do Ministério Público, advogados públicos, delegados da Polícia Federal e outras carreiras.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Mulheres vão às ruas pelo direito ao parto humanizado

Na marcha, mulheres reivindicam o direito de escolha na hora do parto e o direito ao atendimento por enfermeiras obstétricas.

Baixar arquivo
Segurança

Perfis bloqueados no X por ordem judicial ainda fazem transmissões

Isso é o que diz um relatório parcial da Polícia Federal (PF) aberto para investigar o empresário norte-americano e dono do antigo Twitter, Elon Musk. Foi constatado ainda que os perfis interagem com usuários brasileiros.

Baixar arquivo