Pacheco fala em acordo pela desoneração da folha de 17 setores

Reoneração encontra resistência de empresários

Publicado em 21/02/2024 - 20:48 Por Gésio Passos - repórter da Rádio Nacional - Brasília

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, confirmou, nesta quarta-feira (21), o acordo com o governo federal para a retirada da reoneração da folha de pagamento de 17 setores da Medida Provisória 1202.

Após reunião com os ministros Fernando Haddad e Alexandre Padilha, Rodrigo Pacheco declarou que o acordo foi para retirada do texto pelo governo. Pacheco reforçou que a desoneração dos setores foi uma decisão do Congresso e que favorece a criação de empregos no país. O governo deve rediscutir a questão por meio de um projeto de lei com urgência.

O governo federal ainda irá se reunir com presidente da Câmara, Arthur Lira, para definir como ficará o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos, o Perse, que também é extinto pela MP 1202. O tema é polêmico no Congresso, e segundo o Ministério da Fazenda, a renúncia do programa chegou a R$ 17 bilhões em 2023.

Já limitação da compensação de créditos tributários por empresas decorrentes de decisões judiciais é tema que deve continuar na Medida Provisoria.

Pacheco comentou novamente a fala do presidente Lula sobre o genocídio da população da Faixa de Gaza pelo exército de Israel. Ele reforçou que a comparação feita por Lula do massacre de palestinos ao assassinato de judeus por Adolf Hittler foi infeliz e que o presidente deveria ser retratar.

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou que o governo israelense tenta impor uma cortina de fumaça para encobrir o massacre em curso em Gaza, onde 30 mil civis palestinos já morreram.

Edição: Jacson Segundo / Fran de Paula

Últimas notícias
Internacional

Presidente de Portugal reconhece culpa pela escravidão no Brasil

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que seu país tem responsabilidade pelos crimes da era colonial, como tráfico de pessoas na África, massacres de indígenas e saques de bens.

Baixar arquivo
Geral

Preso, Chiquinho Brazão fala no Conselho de Ética da Câmara por vídeo

Brazão, acusado de ser um dos mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco, está preso há um mês e é alvo de pedido de cassação apresentado pelo PSOL.

Baixar arquivo
Segurança

CCJ da Câmara aprova lei que permite aos estados decidirem sobre armas

Pelo projeto de lei, os estados poderiam decidir sobre a posse e o porte de armas. Parlamentares favoráveis à proposta acreditam que diferenças estaduais precisam ser respeitadas. Já os contrários, afirmam que regras sobre armas devem ser definidas por uma lei nacional. Base do governo aponta inconstitucionalidade da medida.

Baixar arquivo
Esportes

Libertadores: Flamengo e Palmeiras terão duelo contra altitude

Nesta quarta-feira (24), Flamengo vai a La Paz, na Bolívia, para enfrentar o Bolívar. E Palmeiras vai a Quito, no Equador, para encarar Independiente del Valle. 

Baixar arquivo
Cultura

Carnaval: maior festa popular agora é manifestação cultural nacional

“É colocar o carnaval do lugar de direito dele”, afirma Rita Fernandes, presidente da Sebastiana, associação de blocos de rua do Rio de Janeiro. Para ela, a lei significa mais incentivos e mais investimentos em torno da folia que leva milhões às ruas brasileiras.   

Baixar arquivo
Saúde

Brasil registra mais de 3 mil mortes por covid-19 em 2024

Infectologista fala da necessidade de se manter o reforço da vacinação em dia para evitar que as pessoas se tornem agentes de contaminação para pessoas do grupo de risco. 

Baixar arquivo