Começa a ser vendido teste para detectar Zika desenvolvido por pesquisadores da USP

Pesquisa da USP

Publicado em 15/10/2019 - 20:25 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

Começa a ser comercializado em todo o país o teste para diagnóstico do Zika vírus, desenvolvido por pesquisadores da USP.

 

O novo teste já foi aprovado pela Anvisa e já está sendo produzido em escala industrial.

 

O exame foi desenvolvido por pesquisadores da USP - Universidade de São Paulo - e a novidade é que ele consegue diferenciar os anticorpos do Zika vírus dos da dengue.


Os vírus que causam as duas doenças são muito parecidos. Na prática, isso significava que uma pessoa que já teve dengue não consegue confirmar se estava infectada com o zika vírus.


Para o pesquisador do Instituto de Ciências Biomédicas, Edison Luiz Durigon, o teste vai facilitar o diagnóstico de Zika nas mulheres que foram infectadas durante a gravidez e, com isso, prevenir sequelas nas crianças que nascem com o vírus, mas sem a microcefalia.


“Uma criança que nasce com microcefalia tem todo um seguimento. Mas a que não nasce sem a microcefalia ela muitas vezes é considerada normal, e muitas vezes não é. Com esse teste a gente consegue monitorar uma gestante na gravidez, e se ela tiver Zika na gravidez, o teste acusa. E aí muda-se a conduta médica. Porque aí você ´pode seguir essa criança, fazer ressonância, colocar ela com psicólogo, fono, coisas desses tipo, para levar essa criança dentro de um padrão normal de infância e adolescência”.


Sem acompanhamento, as crianças podem apresentar problemas no desenvolvimento motor e cognitivo.

 

A pesquisa do novo teste foi financiada pela Fapesp, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, e pela Finep, empresa pública que financia a inovação no setor privado.

 

Elas lançaram um edital no começo de 2016 que selecionou seis empresas interessadas em investir em tecnologia contra o Zika Vírus e a Dengue. Foram investidos R$ 10 milhões.

 

Uma das empresas selecionadas no edital fica no interior de São Paulo e é agora responsável pela produção comercial do teste.

Últimas notícias
Economia

Plano Safra 2022/2023 anuncia R$ 340,8 bilhões para a agropecuária

Do total disponibilizado ao Plano Safra, R$ 246 bilhões vão ser destinados ao custeio e comercialização da atividade agrícola. Os R$ 94 bilhões restantes serão para investimentos no setor.

Baixar arquivo
Política

Presidente da Caixa pede demissão após denúncias de assédio sexual

Na carta de demissão encaminhada ao presidente Jair Bolsonaro, Guimarães negou as acusações e alegou que desde que assumiu a presidência da Caixa sempre combateu toda forma de assédio.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Procurador que espancou a chefe em cidade paulista vira réu

Demetrius Oliveira de Macedo foi filmado dando socos e chutes em Gabriela de Barros no local de trabalho. As agressões só pararam quando ela já estava desacordada no chão e foi arrastada pelas colegas para outra sala.

Baixar arquivo
Geral

Greve de ônibus em São Paulo termina após determinação da Justiça

A prefeitura de São Paulo deve decidir se aumenta o valor dos subsídios pagos às empresas de ônibus para compensar os custos maiores com o óleo-diesel e reajuste de salários, ou, se aumenta a tarifa do transporte público.

Baixar arquivo
Política

TCU aprova contas do governo federal de 2021 com ressalvas

Dentre os problemas apontados estão: o desvio de finalidades na aplicação de recursos da Seguridade Social; e a aplicação abaixo do previsto em projetos de irrigação na região Centro-Oeste.

Baixar arquivo
Geral

Entenda como funciona o golpe com criptomoedas chamado de "rug pull"

Um novo golpe está tirando o sono de quem investe em criptomoedas. É o chamado “rug pull”, expressão que, em inglês, significa “puxada de tapete”.
 

Baixar arquivo