Governos orientam cidadãos para uso máscaras

Prevenção à Covid-19

Publicado em 27/04/2020 - 11:45 Por Sâmia Mendes - Brasília

O uso de máscaras de proteção facial tem sido uma importante medida adotada pelos estados e municípios para evitar a infecção pelo novo coronavírus. Com a pandemia, a utilização desse recurso de prevenção contra a doença passou a ser tratada como política pública. Alguns governos decidiram recomendar ou obrigar o seu uso.

 

No Distrito Federal, A partir do próximo dia 30, toda a população está obrigada a usar a proteção em locais públicos e comércios. Quem desobedecer ficará sujeito a punições de violação de medida de saúde pública, que pode ir de um mês a um ano de prisão, além de multa.

 

No Estado do Mato Grosso foi criado o programa “Eu cuido de você e você cuida de mim”, que determina, entre outras coisas, que as empresas autorizadas a funcionar garantam o uso de máscaras por trabalhadores e exijam o uso por parte dos clientes.

 

Ainda no Centro-Oeste, em Goiás, a exigência de máscaras vale para todos os cidadãos, recomendando a adoção dos modelos caseiros, de acordo com as orientações do Ministério da Saúde. Além disso, os donos de comércios autorizados a funcionar podem impedir a presença de trabalhadores sem máscara ou a entrada de clientes sem a máscara.

 

O governo da Paraíba foi em sentido semelhante. Recomendou que estabelecimentos proíbam a entrada de quem não estiver com o acessório. Os governos de Pernambuco e da Bahia determinaram a utilização das máscaras por todos os trabalhadores envolvidos com atividades que exigem contato com o público.

 

No caso da Bahia, os empregadores terão que fiscalizar o uso, sob pena de multa de R$1 mil por funcionário. Já para a população pernambucana em geral, a atitude é uma recomendação. Ainda no nordeste, o governo do Piauí também tornou o uso de máscara necessário sempre que um cidadão sair de casa, andar em via pública ou ir a um local onde estejam mais pessoas.

 

Em Rondônia, a obrigação é indicada para todo cidadão que deixe a sua residência. Já no Estado do Pará, o governo determinou que empregadores forneçam máscaras a seus funcionários.  Minas Gerais determinou que trabalhadores das atividades que continuaram autorizadas a funcionar e que prestam atendimento ao público usem máscaras.

 

O fornecimento de máscaras é estabelecido por Lei como uma obrigação dos empregadores. 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo