Números indicam aceleração da pandemia no Brasil nas próximas semanas, alertam especialistas

Especialistas

Publicado em 07/05/2020 - 08:33 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

Especialistas defendem que os brasileiros precisam manter o distanciamento social nesse momento. Eles apontam que os números da transmissão do novo coronavírus indicam aceleração dos casos nas próximas semanas.

 

O alerta aconteceu em seminário por videoconferência, organizado pelo BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Foi o primeiro Webinar promovido pelo Banco para discutir as perspectivas do combate à Covid-19, e os resultados no setor de saúde.

 

O diretor-adjunto da OPAS, Organização Pan Americana da Saúde,  que representa a OMS na América Latina, Jarbas Barbosa, afirmou que o isolamento funciona como uma espécie de freio na curva de crescimento dos casos, e que sem ele, o sistema de saúde vai ficar ainda mais sobrecarregado. Ele ressaltou, no entanto, a necessidade de aumentar o acesso a testes.

 

O médico e presidente da Iniciativa FIS – Fórum Inovação Saúde, Josier Vilar,  afirmou que o fato de não haver um consenso na condução da pandemia no país, prejudicou muito o tratamento do problema. Ele avalia que uma questão pouco discutida  é a escassez de profissionais de saúde especializados.

 

Outro participante do seminário virtual, Carlos Gadelha, que é coordenador das ações de prospecção da Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz, destacou que a letalidade da doença reproduz a desigualdade no Brasil.

 

Os especialistas debateram a proposta de criação de uma fila única em hospitais públicos e privados para atendimento dos pacientes graves. A discussão foi no sentido de que seria preciso criar um fundo para garantir os contratos com os hospitais privados.

 

O seminário foi mediado por João Paulo Pieroni, que é chefe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços de Saúde do BNDES.


Ele salientou que o banco tem atuado para minimizar os efeitos econômicos da pandemia. Ele citou a ajuda em equipar 640 leitos em hospitais do Sus, para tratamento da Covid, e também o apoio na montagem de 2 mil leitos em  hospitais de campanhas, e ainda a compra de testes diagnósticos.

Últimas notícias
Internacional

ONU pede fim de atividades militares perto de usina nuclear ucraniana

O líder das Nações Unidas, António Guterres, pediu às forças militares da Rússia e da Ucrânia que cessem, imediatamente, todas as atividades militares perto da usina nuclear de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia.
 

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz pede registro de novos testes contra varíola dos macacos

A Fundação Oswaldo Cruz pediu à Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária - o registro de dois novos teste para diagnóstico de monkeypox. O pedido foi feito por meio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos.

Baixar arquivo
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo